Notícias

Futuros do aço inoxidável de Xangai caem com demanda fraca

Reuters
Reuters
Futuros do aço inoxidável de Xangai caem com demanda fraca
Indústria de aço

8 de dezembro de 2021 - 08:57 - Atualizado em 8 de dezembro de 2021 - 09:00

PEQUIM (Reuters) – Os contratos futuros do aço inoxidável chinês caíram para o nível mais baixo em mais de três meses na quarta-feira, prejudicados pela fraca demanda e pela redução dos preços das matérias-primas.

O aço inoxidável mais negociado na Bolsa de Futuros de Xangai, para entrega em janeiro, fechou em queda de 4,2%, a 16.085 iuanes por tonelada, o menor valor desde 2 de setembro.

“A produção de aço inoxidável planejada para dezembro é considerável, mas a demanda downstream está fraca”, escreveram analistas da GF Futures em nota, acrescentando que os preços mais baixos do ferrocromo e da sucata de aço inoxidável também reduziram os custos nas usinas.

Outros preços do aço na bolsa de Xangai também caíram. O vergalhão para construção, para entrega em maio, caiu 2%, para 4.350 iuanes por tonelada. As bobinas laminadas a quente, usadas em carros e eletrodomésticos, recuaram 2,1%, para 4.528 iuanes por tonelada.

Os preços dos ingredientes siderúrgicos na Bolsa de Commodities de Dalian fecharam de forma mista.

Os futuros do minério de ferro de referência subiram 1,5%, para 659 iuanes por tonelada, estendendo os ganhos para um terceiro dia, após saltar 4,2% no início da sessão.

Os preços spot do minério com 62% de teor de ferro para entrega na China caíram 0,50 dólar, a 111 dólares por tonelada, após alta de 7 dólares na terça-feira, de acordo com a consultoria SteelHome.

Os preços do carvão metalúrgico fecharam em alta de 2%, a 2.056 iuanes por tonelada, depois de subirem até 5,6%, para 2.127 iuanes nas negociações da manhã.

Os futuros do coque caíram 1,3%, para 2.917 iuanes por tonelada.

(Reportagem de Min Zhang em Pequim e Enrico Dela Cruz em Manila)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB70JF-BASEIMAGE