Notícias

Urbs vai usar 80% da frota de ônibus a partir de segunda (25), em Curitiba

80% da frota total é equivalente a 1,5 mil ônibus contra a média de 65% que vinha sendo usada

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Urbs vai usar 80% da frota de ônibus a partir de segunda (25), em Curitiba
Foto: Daniel Castellano / SMCS

25 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 25 de maio de 2020 - 00:00

A partir desta segunda-feira (25), a Urbs vai usar 80% da frota de ônibus em Curitiba. A decisão se deu após o aumento de passageiros registrado nas últimas semanas, além da decisão de reabertura dos shoppings centers na capital paranaense.

Frota de ônibus Curitiba: frota estava operando com 65% dos ônibus

80% da frota total é equivalente a 1,5 mil ônibus contra a média de 65% que vinha sendo usada. O número de passageiros transportados, no entanto, ainda está muito abaixo dos períodos de normalidade: cerca de 260 mil por dia contra 756 mil ao dia antes da pandemia.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, a linha Inter 2 vai funcionar com 100% da frota nos dias úteis.

As linhas expressas Pinheirinho-Rui Barbosa, Santa Cândida-Capão Raso e Circular Sul vão operar com 90% da capacidade nos horários de maior movimento e as linhas alimentadoras, que atuam na região sul da cidade, vão funcionar com 100% no horário de pico.

Além disso, também será feito o reforço na linha Boqueirão-Centro Cívico nos picos da manhã e da noite.

Conforme o prefeito Rafael Greca, o movimento será monitorado diariamente.

“Vamos fazer essa adequação e monitorar diariamente o movimento, usando também a tecnologia das câmeras do Centro de Controle Operacional (CCO). Determinei que seja colocada uma frota reserva de prontidão, para caso de necessidade, e poderemos ampliar a frota até os 100%, com 1,5 mil ônibus”.

Conforme Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbs, é preciso que o comércio de rua e os shoppings trabalhem em horários alternativos para não sobrecarregar o sistema de transporte, que precisa operar com folga para evitar aglomerações e obedecer a conduta de prevenção da transmissão do novo coronavírus.

A previsão inicial da Urbs é de um aumento de cerca de 20% no fluxo de pessoas no sistema de transporte da capital com a possível reabertura dos shoppings centers.

“Estamos nos antecipando e, com essa reorganização das linhas, tornamos mais eficiente o transporte para atender essa demanda”, afirmou Maia Neto.

onibus curitiba

Foto: Daniel Castellano / SMCS

Orientação para o uso do transporte público em Curitiba

Para evitar aglomeração, os ônibus das principais linhas só podem sair dos terminais com lotação máxima de 50%.

Todos os terminais têm marcações para que os passageiros mantenham uma distância de, no mínimo, 1,5 metro entre si e há distribuição de folders com orientações sobre a obrigatoriedade do uso de máscaras, necessidade de manter o distanciamento e as janelas abertas nos veículos.

Cartazes, faixas e painéis eletrônicos nos ônibus também trazem informações sobre a prevenção da Covid-19.

Fiscais e agentes da Guarda Municipal fazem o trabalho de orientação, que ganhou também o apoio do Exército desde o último dia 14 de maio. O trabalho, que duraria 10 dias, vai ser prorrogado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.