Notícias

Autoridades paranaenses lamentam a morte do jornalista Frank Silva de Maringá

Franklin Vieira da Silva era proprietário do extinto jornal Diário do Norte do Paraná; ele faleceu devido a complicações pós-cirúrgicas

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Autoridades paranaenses lamentam a morte do jornalista Frank Silva de Maringá
Foto: Reprodução

13 de setembro de 2020 - 15:59 - Atualizado em 13 de setembro de 2020 - 16:04

O Secretário de Estado de Comunicação e Cultura do Paraná, João Debiasi, e Ulisses Maia, prefeito de Maringá, no noroeste do estado, lamentaram o falecimento do jornalista Franklin Vieira da Silva, de 78 anos, ocorrida neste domingo (13). 

Frank Silva, como era conhecido, morreu vítima de uma parada cardiorrespiratória. Ele havia sido submetido recentemente a uma cirurgia no intestino grosso devido a um câncer. 

Tanto Maia como Debiasi lembraram o pioneirismo de Silva nos trabalhos de comunicação em uma das maiores cidades do Paraná. Veja abaixo: 

O prefeito de Maringá, Ulisses Maia, manifesta seu pesar pela morte do jornalista Frank Silva, anunciada na manhã deste domingo, 13, em consequência de complicações pós-cirurgica. À frente de O Diário do Norte do Paraná, que deixou de circular em 2019,  depois de quase 45 anos, Frank Silva se tornou empresário de referência na área de comunicação impressa, posicionando o jornal entre os três mais importantes do Estado.

“Expresso minhas condolências à família e registro que Frank Silva integra a lista dos personagens de relevo na história de Maringá”, disse o prefeito de Maringá, em nota. 

Confira a nota da Secretaria de Estado de Comunicação e Cultura do Paraná: 

A Secretaria de Estado de Comunicação e Cultura do Paraná se solidariza com amigos e familiares do jornalista, advogado, colunista social e empresário de Maringá, Franklin Vieira da Silva, que morreu na manhã deste domingo, 13, aos 78 anos. Silva tratava um câncer no intestino.            

Pioneiro na comunicação de Maringá, começou a carreira de jornalista com apenas 15 anos, quando cobriu o primeiro acidente aéreo ocorrido na cidade.        

“Sabemos do seu valor e pioneirismo na comunicação de Maringá e do Paraná. Silva foi dono de um dos mais importantes jornais da região, o Diário do Norte do Paraná, que por 45 anos levou informação para o cidadão maringaense”, lembrou o secretário de Comunicação e Cultura, João Debiasi.

O comunicador será velado nesta segunda-feira (14), na Câmara Municipal de Maringá, das 10 horas às 16 horas.