Coronavírus

Foz do Iguaçu retoma comércio a partir de quarta (22); veja as restrições

Medidas podem ser revistas dependendo dos resultados levantados pelo monitoramento clínico-epidemiológico

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora com informações da Prefeitura de Foz do Iguaçu
Foz do Iguaçu retoma comércio a partir de quarta (22); veja as restrições

20 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 16:27

Com restrições, Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, retoma o comércio a partir desta quarta-feira (22).

De acordo com a prefeitura, a medida está amparada em uma série de garantias, como a estrutura para atendimentos, oferta de novos leitos e a aquisição de 28 mil kits para testes rápidos da Covid-19.

Foz do Iguaçu retoma comércio e alerta para medidas restritivas. Veja!

A decisão da Prefeitura de Foz do Iguaçu foi baseada em dados epidemiológicos e uma nova condição estrutural para atendimento. Segundo o Diário Oficial, a medida está amparada pelo terceiro ciclo do Plano de Enfrentamento a Covid-19.

Conforme o prefeito Chico Brasileiro, o município de Foz do Iguaçu está abaixo da média nacional de casos de coronavírus, com 14% de sua capacidade de leitos ocupada. 

“A ampliação da oferta de exames é outro fator importante. Adquirimos 28 mil kits que devem começar a chegar na segunda-feira para iniciarmos os testes na quarta. Diante deste cenário e preenchendo os requisitos do Ministério da Saúde, estamos tomando essa decisão, sempre com muita cautela e reforçando as normas de segurança”, explicou o prefeito.

Casos de coronavírus em Foz do Iguaçu

Até este domingo (19), Foz do Iguaçu possui 38 casos de coronavírus, sendo que destes 24 pacientes estão recuparados, 11 em isolamento social e três internados.

Além disso, os casos com suspeita de coronavírus somam 50 35 cumprem o isolamento domiciliar e 15 estão internados.

Ainda de acordo com a prefeitura, a reabertura do comércio em Foz do Iguaçu leva em consideração a disponibilidade de leitos em hotéis para pacientes confirmados da Covid-19, a testagem amostral de assintomáticos e a adesão ao Programa “O Brasil Conta Comigo”, que proporcionará importante incremento na força de trabalho municipal da Saúde.

Uma das estratégias do plano é a identificação em tempo real das pessoas infectadas pela COVID-19 em Foz do Iguaçu. Para isso, todos que estiverem com sintomas gripais vão realizar o exame de RTq-PCR, que identifica a presença do vírus SARS-COV-2.

Conforme Nilton Bobato, vice-prefeito do município, será realizada uma busca ativa desses pacientes sintomáticos.

“Também faremos uma campanha nos meios de comunicação para que os mesmos busquem os serviços de saúde do município responsáveis pela testagem”, explicou Bobato.

Reabertura do comércio

Dessa maneira, a partir do dia 22 de abril o comércio de Foz está autorizado a abrir atendendo com 30% de sua capacidade de público.

Além disso, shopping centers também estão autorizados com regras específicas e horários diferenciados de funcionamento.

comércio aberto foz

O Terminal Rodoviário será reaberto como instrumento de monitoramento de chegada de pessoas em Foz do Iguaçu, e o transporte coletivo será ampliado a partir de quarta-feira, assim como a fiscalização para o cumprimento dos termos de responsabilidade sanitária.

Na cidade, continuam proibidos o funcionamento de setores que aglomeram pessoas: academias, casas noturnas, tabacarias, bares, clubes, salões de bailes, feiras, cinemas, museus, teatros, equipamentos esportivos coletivos, escolas, faculdades, eventos esportivos, culturais e de lazer.

Conforme o prefeito da cidade, o atendimento prioritário segue sendo individual e agendado, bem como as regras já definidas para os serviços essenciais: a obrigatoriedade do uso de máscaras, a restrição de idosos e crianças, bem como o distanciamento social e a higienização.

Por fim, a prefeitura informou que as novas medidas entram em vigor a partir do dia 22 de abril, podendo serem revistas a qualquer momento, dependendo dos resultados levantados pelo monitoramento clínico-epidemiológico.