Notícias

Prefeito sanciona lei que proíbe fogos de artifício com estampido em Curitiba

A lei prevê restrições apenas para fogos de artifício de alto impacto e com efeito de tiro; fogos de artifício luminosos sem tiro continuam liberados

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Prefeito sanciona lei que proíbe fogos de artifício com estampido em Curitiba
O verme devorador de lágrimas é transmitido por moscas. (Foto: Ilustrativa/Pixabay)

20 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:03

O prefeito Rafael Greca sanciona, na manhã desta sexta-feira (20), a lei 15.585/2019. Proposto pela Câmara Municipal, o texto dispõe sobre a proibição do uso de fogos de artifício com efeitos sonoros em Curitiba.

A lei prevê restrições apenas para queima, soltura e manuseio de fogos de artifício de alto impacto e com efeito de tiro, tanto para ambientes abertos ou fechados, públicos ou privados. Fogos de artifício luminosos sem tiro continuam liberados. O projeto não dispõe sobre a comercialização dos fogos.

É importante ressaltar que a lei dos fogos de artificio passa a valer no decorrer de 2020, ou seja, nas festas deste final de ano – Natal e Ano Novo – ainda está liberado o uso de rojões. 

Lei dos fogos de artifício em Curitiba

A lei foi proposta pela vereadora Fabiane Rosa (DC) e, segundo ela, tem o objetivo de proteger animais e pessoas com sensibilidade auditiva, além de evitar acidente e mutilações. “A minha ideia inicial era proibir fogos de qualquer espécie, porque infelizmente, todo tipo de fogos de artifício necessitam de uma quantidade de pólvora para seu funcionamento. O que gera impacto no meio ambiente, além do estrondo e barulho”, explicou Fabiane Rosa.

Clique aqui para ter acesso a íntegra da  Proposição nº 005.00002.2017, que “Dispõe sobre a proibição da queima, soltura e manuseio de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos no Município de Curitiba”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.