Notícias

FMI alerta que inflação pode se tornar mais resistente em algumas partes do mundo

Reuters
Reuters
FMI alerta que inflação pode se tornar mais resistente em algumas partes do mundo
Logo do FMI

18 de novembro de 2021 - 14:07 - Atualizado em 18 de novembro de 2021 - 14:10

Por Andrea Shalal e David Lawder

WASHINGTON (Reuters) – A inflação pode se tornar mais resistente em algumas partes do mundo se as interrupções na cadeia de suprimentos continuarem ou se as expectativas de inflação ficarem desancoradas, disse o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta quinta-feira.

Nos Estados Unidos, a maior economia do mundo, a inflação deve cair em 2022, mas as autoridades precisam permanecer vigilantes devido aos riscos de alta nos preços, disse o porta-voz do FMI, Gerry Rice, em um briefing regular.

“Os níveis contínuos de inflação alta nos Estados Unidos podem exigir uma resposta de política (monetária) mais antecipada, o que pode impor pressão sistêmica de baixa para a economia global e a norte-americana”, disse ele.

Rice disse que as expectativas de inflação estão em geral ancoradas na maioria das economias, acrescentando: “Mas se os problemas de oferta continuarem ou se as expectativas de inflação ficarem desancoradas, a inflação pode se tornar mais resistente.”

Ele disse que os bancos centrais precisam “permanecer vigilantes em relação às pressões inflacionárias e que o FMI está trabalhando em cenários de políticas monetária e fiscal, incluido os contágios em economias emergentes do aperto monetário em economias avançadas.

Rice destacou que os preços do gás natural aumentaram para níveis recordes em alguns lugares no mundo, mas o FMI espera que os preços da energia retornem a níveis mais normais ao longo do próximo ano, quando a demanda por aquecimento diminuir e os a oferta se ajustar.

(Reportagem adicional de Rodrigo Campos em Nova York)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHAH0Z5-BASEIMAGE