Notícias

Fiscalização fecha três estabelecimentos com aglomeração em Curitiba

As vistorias também atendem as solicitações da população que chegam pela Central 156 de Atendimento ao Cidadão

Renata
Renata Nicolli Nasrala / Editora
Fiscalização fecha três estabelecimentos com aglomeração em Curitiba
Foto: Hully Paiva/SMCS

23 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:42

Nesta semana, a fiscalização feita por equipes da Secretaria Municipal do Urbanismo fechou três estabelecimentos que estavam promovendo aglomerações em Curitiba.

Entre segunda-feira (18) e quinta (21), os fiscais vistoriaram 34 locais e expediram 31 notificações em estabelecimentos da capital paranaense.

Fiscalização fecha três estabelecimentos, em Curitiba; veja os bairros

Entre os locais que foram interditados estão dois bares e uma tabacaria nos bairros Água Verde, Novo Mundo e Boqueirão.

De acordo com a Prefeitura de Curitiba, as vistorias aconteceram durante o dia e à noite com o objetivo de fiscalizar e orientar os proprietários e clientes quanto à obrigatoriedade da adoção de medidas de prevenção ao coronavírus.

Todos os recursos tratados durante as vistorias estão na resolução municipal  nº01/2020, que estabelece regras como ocupação do espaço interno dos locais, obrigatoriedade do uso de máscaras e disponibilização de álcool em gel.

Além disso, as vistorias também atendem as solicitações da população que chegam pela Central 156 de Atendimento ao Cidadão e pelo telefone de emergência 153 da Guarda Municipal.

“Estamos trabalhando de forma intensificada para coibir excessos e garantir que os comércios em funcionamento obedeçam rigorosamente às medidas de postura sanitária para o enfrentamento da pandemia”, diz a diretora de fiscalização da Secretaria Municipal do Urbanismo, Jussara Policeno de Oliveira Carvalho.

fiscalização em curitiba

Foto: Hully Paiva/SMCS

Fiscalizações diurnas

Durante o dia foram fiscalizadas lojas de aparelhos eletroeletrônicos, roupas e acessórios, cosméticos, produtos de perfumaria e higiene pessoal, suvenires e artesanatos, tecidos e artigos de armarinho.

Além disso, foram averiguadas lojas de doces, brinquedos e artigos recreativos, fogos de artifícios, automóveis e atacadistas, lojas de variedades, bancos comerciais, lotéricas e incorporação de empreendimentos imobiliários.

Outros estabelecimentos fiscalizados na semana foram escritórios de corretagem no aluguel de imóveis, mercearia, lanchonete, bar e escola de formação de condutores.

Nestas ações foram expedidas 17 notificações, sendo que, em cinco estabelecimentos também foram constatadas irregularidades nos alvarás.

Fiscalizações noturnas

As ações noturnas abrangeram tabacarias, igrejas, canchas de esportes e academias de ginástica. Foram aplicadas 14 notificações, sete delas envolvendo também a necessidade de adequação dos alvarás.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.