Esportes

Final de semana com muito bodyboarding em Guaratuba

A primeira etapa do Circuito Paranaense de Bodyboarding aconteceu na Praia dos Paraguaios e reuniu grandes nomes do esporte

Jéssica
Jéssica Dombrowski Netto
Final de semana com muito bodyboarding em Guaratuba
Isa Nunes foi destaque do evento ao se tornar campeã da Open Feminino e terceira colocada da Sub16 Masculino. Foto: Jéssica Dombrowksi Netto

11 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 11 de fevereiro de 2020 - 00:00

A primeira etapa do Circuito Paranaense de Bodyboarding 2020 teve seu início no verão, após dez anos sem este feito. O evento fez parte do Projeto Verão Maior, proporcionado pelo Governo do Estado e trouxe um final de semana histórico para Guaratuba.

A cidade voltou a receber eventos de bodyboarding no final do ano passado depois de 13 anos e este campeonato mostrou que, se depender desta organização, não haverá mais pausas.

“A realização da etapa durante o verão visa trazer o retorno de muita gente. Foi um evento com grande número de inscritos, incluindo os fundadores das associações paranaenses que estavam ali para competir e se divertir. Agora é só fazer acontecer”, afirmou o organizador Vinicius Araujo.

Matheus Silveira foi o grande campeão da Categoria Open. Foto: Vinicius Araujo/Verão Maior

O vencedor da Open Matheus Silveira orientou o Coordenador do Paradesporto pela Superintedência de Esportes do Paraná Mario Sergio na bateria de bodyboarding Adaptado. Foto: Vinicius Araujo/Verão Maior

Os campeões foram: Matheus Silveira na Open, Isa Nunes na Open Feminino, Marcos Maciel na Master, Cezar Brito na Sub16, Gustavo Veiga na Sub18 e Alex Antun na Local.

“É muito bom competir em Guaratuba, ainda mais com atletas que surfam muito e puxam o seu nível de surf. Tinha altas ondas e é muito legal ver como os treinos diários fazem a diferença”, disse Isa Nunes, campeã da Open Feminino e terceira colocada da Sub16 Masculino.

Atividade de inclusão no Bodyboarding ministrada por Sanderson Trevisan. Foto: Vinicius Araujo/Verão Maior

O diferencial do campeonato foi a atividade para pessoas com deficiência, trazendo a inclusão para o bodyboarding.

“Este evento, com certeza, é um divisor de águas para que o circuito fique cada vez mais forte. A Praia Brava de Guaratuba tem boas ondas para o bodyboarding e a estrutura está de parabéns”, afirmou o atleta Sanderson Trevisan.

O ranking paranaense já começou a ser formado com 1000 pontos para os primeiros colocados, 860 para os segundos, 730 para os terceiros e 670 para a quarta colocação. Confira os resultados:

Open
1. Matheus Silveira
2. Sanderson Trevisan
3. Leandro Gonçalves
4. Paulo Henrique

Open Feminino
1. Isa Nunes
2. Francis Aoto
3. Eloiza Brunatto
4. Guta Borges

Master
1. Marcos Maciel
2. Betinho Altheim
3. Alex Antun
4. Noazir Grilo

Sub16
1. Cezar Brito
2. Natanael Felipe
3. Isa Nunes
4. Roger Fusculin

Sub18
1. Gustavo Veiga
2. Pedro Henrique Santana
3. Isabela Aoto
4. Luca Huergo

Local
1. Alex Antun
2. Rodrigo Cascao
3. Francis Aoto
4. Paulo Godoi

O evento reuniu os amigos e simpatizantes do esporte. Foto: Reprodução/Facebook

“A Federação de Bodyboarding é muito organizada, assim como este evento foi. O apoio do Governo com certeza abriu portas para outras competições em Guaratuba. O público e os atletas gostaram muito, disseram que a vibe estava incrível e aqui nós temos vários picos legais para a prática do esporte como a Praia Central, o Pico e a Barra do Saí. O comércio local apoia estes eventos”, afirmou o proprietário da Tide Rise, Junior.

Sinta um pouco do que foi o evento dando play no vídeo abaixo: