Agronegócio

FCStone: área de pastagem degradada no País é 2,5 vezes maior que área de grãos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

13 de novembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 13 de novembro de 2019 - 00:00

São Paulo, 13 – A produção brasileira de grãos pode aumentar ainda mais com a recuperação das áreas degradadas por pastagens para pecuária, considera o diretor de Inteligência de Mercado da INTL FCStone, Renato Rasmussen. “Hoje, no Brasil, a área de pastagem degradada é 2,5 vezes maior que a destinada para a produção de grãos”, disse, em painel do Summit Agronegócio Brasil 2019.

O analista destacou que a safra brasileira já é robusta, considerando somente a área destinada para lavouras atualmente.

“Com a recuperação das pastagens degradadas e o aumento da produtividade podemos produzir ainda mais grãos”, avaliou Rasmussen.