Notícias

“Foram apenas quatro dedos, ainda tenho minha vida” diz torcedor que perdeu parte da mão

Weslley passou por duas cirurgias, cinco dias internado e hoje retorna a Arena da Baixada

Guilherme
Guilherme Becker / Editor
“Foram apenas quatro dedos, ainda tenho minha vida” diz torcedor que perdeu parte da mão
De acordo com torcedor, artefato que ele segurava era um sinalizador de fumaça (FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC)

26 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:34

No dia 17 de setembro, Weslley Pontes foi até o Aeroporto Afonso Pena para apoiar o embarque da equipe do Athletico Paranaense para a final da Copa do Brasil. Mas, a explosão de um artefato em sua mão acabou obrigando o torcedor a passar cinco dias internado e foi submetido a duas cirurgias. Nesta quinta-feira (26) o atleticano está pronto para retornar a Arena da Baixada e acompanhar uma partida do Furacão.

Em frente ao estádio do Athletico, Weslley relembrou os momentos antes da explosão e contou como foi receber tantas mensagens de apoio de diversos torcedores do país. 

Explosão pode ter sido causada por mau armazenamento

Em conversa com o jornalista Nader Khalil, Weslley revelou que no momento do acidente estava segurando um sinalizador de fumaça. “Estes artefatos ficaram uma semana guardados e em algum lugar que pode ter pego uma umidade. Com essa umidade, como os médicos me explicaram, aquela fumaça se ela tem umidade junto ela não consegue sair, só vai inflando até explodir”, contou o torcedor.

A explosão acabou arrancando quatro dedos de Weslley, que precisou passar por duas cirurgias e ficou cinco dias internado. Mais de uma semana depois, esta quinta-feira (26) se torna mais um dia especial para a vida do chef de cozinha. Com uma proteção na área machucada o torcedor voltará a Arena da Baixada para acompanhar um jogo do Athletico.

“Eu vou me adaptar com a mão e retorno logo, logo para fazer meus trabalhos. Eu jamais vou me abater com qualquer coisa que me aconteça”, conta Weslley, que inclusive venderá bebidas antes do jogo na janela de casa.

Confira a entrevista com o torcedor:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.