Caroline
Caroline Berticelli / Editora

6 de agosto de 2019 - 00:00

Atualizado em 6 de agosto de 2019 - 00:00

Notícias

Explosão em carro por causa de desodorante e cigarro mata uma das vítimas

O explosão no carro aconteceu depois que um jovem usou um desodorante aerosol e o outro tentou acender um cigarro

Explosão em carro por causa de desodorante e cigarro mata uma das vítimas
Explosão em carro por causa de desodorante e cigarro acaba em tragédia. (Foto: Reprodução/RICTV)

Uma das vítimas da explosão em um carro, que ocorreu por causa de um desodorante aerosol e de um cigarro, morreu no hospital na noite desta segunda-feira (5). A situação foi registrada em Maringá, no norte do Paraná. Rodrigo Lima Netto, de 20 anos, estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), do Hospital Bom Samaritano, desde 30 de julho, data do incidente. 

Explosão no carro ocorreu por uso de desodorante e cigarro

Os dois amigos estavam com os vidros fechados quando um deles utilizou o desodorante e instantes depois Rodrigo tentou acender um cigarro, foi então que a explosão aconteceu dentro do carro. Segundo o Corpo de Bombeiros, a explosão ocorreu pois o produto inflamável ainda estava no interior do veículo.

Rodrigo, que era o motorista, teve 27% do rosto ferido com queimaduras de 2º e 3º grau. Já outro jovem teve 17% do rosto queimado e também sofreu queimaduras na região do peito. 

Câmera grava explosão dentro do carro 

Uma câmera de segurança, posicionada na Avenida Morangueira, registrou o momento em que os dois jovens param o veículo, descem e ainda com o corpo em chamas, pedem por ajuda.

Os dois foram socorridos e encaminhados ao hospital consciente e sem risco de morte. No entanto, Rodrigo teve complicações devido a queimaduras em suas vias aéreas e acabou não resistindo. 

Assista ao vídeo:

O Balanço Geral Maringá falou sobre a explosão dentro do carro.