Notícias

Exploração: mulher é presa suspeita de ajudar marido a ameaçar garotas de programa

O casal entrava em contato com as mulheres através de um site de anúncio de programas sexuais e marcava um encontro simulando ser cliente

Daniela
Daniela Borsuk com informações da Polícia Civil do Paraná
Exploração: mulher é presa suspeita de ajudar marido a ameaçar garotas de programa
(Foto: Ilustração/ Pixabay)

28 de junho de 2021 - 11:29 - Atualizado em 28 de junho de 2021 - 11:30

Uma mulher, de 28 anos, foi presa preventivamente suspeita de exploração contra garotas de programa em Umuarama, no Noroeste do Paraná, na quinta-feira (24). A jovem é esposa de um homem, de 49 anos, que já foi preso pela polícia pelo mesmo crime. 

Conforme a Polícia Civil, a equipe também cumpriu uma ordem de busca na residência da suspeita, onde apreenderam um carregador de arma de fogo com 17 munições, uma algema, uma balança de precisão, documentos e três celulares.

O marido da suspeita foi preso pela PCPR no dia 27 de maio deste ano. O casal atuava na exploração de garotas de programa. A investigação também revelou que enquanto o marido estava preso, a mulher continuava com as ameaças contra as vítimas.  

Crime 

O casal entrava em contato com as mulheres através de um site de anúncio de programas sexuais e marcava um encontro simulando ser cliente, para então se identificar como agenciadores de programas, exigindo que as vítimas lhe repassassem parte dos valores obtidos. As que não concordavam eram perseguidas e sofriam ameaças com arma de fogo, coação física e moral, sendo obrigadas até mesmo a deixar a cidade.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.