Coronavírus

Exame de preso que morreu com suspeita de Covid-19 na Grande Curitiba dá negativo

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Exame de preso que morreu com suspeita de Covid-19 na Grande Curitiba dá negativo
PRESO ESTAVA NO CMP. (FOTO: ARQUIVO/CONSELHO DA COMUNIDADE)

20 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:43

O exame de Creomar Vieira Santana, de 20 anos, que morreu no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, região metropolitana da capital, na terça-feira (19), deu negativo para o novo coronavírus, segundo nota da instituição de saúde divulgada nesta quarta-feira (20). 

Santana estava preso há cerca de 20 dias no Complexo Médico Penal (CMP), em Pinhais, também na Grande Curitiba, e foi levado já em estado-grave ao hospital no último sábado (16). Ainda conforme a nota, ele apresentava dores abdominais e sofreu uma parada cardíaca na prisão. “Embora o paciente tivesse sintomas de outras doenças, foi feito o exame para a Covid-19″, explicou a Hospital Angelina Caron. 

Ações para conter coronavírus nos presídios

Nesta terça-feira (19), o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, e o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, assinaram um plano de ação integrada para enfrentamento da covid-19 nas carceragens de delegacias de polícia e penitenciárias do Paraná. A plano se soma às medidas já adotadas desde março no sistema prisional de todo o Estado.

A ação se deu um dia depois de ter sido confirmado o primeiro registro de coronavírus num presídio, em Maringá, Norte do Paraná. Por lá, segundo o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen), o detento é do regime semiaberto na Colônia Penal de Maringá (CPIM) e saiu temporariamente e voltou no dia 4 de maio com sintomas da doença. O preso foi colocado em quarentena junto a outros 12 presos, que também retornaram com ele no mesmo dia.

plano para conter o coronavírus nos presídios prevê medidas de isolamento de presos, desde a triagem, quando ele chega, até o tratamento daquele que apresentar sintomas ou a doença propriamente dita. Também aborda os procedimentos de remoção de detentos e avaliação, além de orientações gerais em relação ao novo coronavírus.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.