Notícias

Ex-autoridade de câmbio diz que China deveria evitar valorização excessiva do iuan

Reuters
Reuters
Ex-autoridade de câmbio diz que China deveria evitar valorização excessiva do iuan
Uma nota de iuan da China é vista nesta ilustração em 31 de maio de 2017. REUTERS/Thomas White

13 de dezembro de 2021 - 10:20 - Atualizado em 13 de dezembro de 2021 - 10:25

XANGAI (Reuters) – Evitar a valorização excessiva do iuan deve ser uma das prioridades da China na gestão das regulações e expectativas do mercado, disse uma ex-autoridade sênior do órgão regulador de câmbio do país.

Um desafio para as flutuações ou flexibilidade da taxa de câmbio é que a moeda pode ultrapassar os limites, desviando-se de seus fundamentos econômicos, disse Guan Tao, economista-chefe global do BOC International e ex-chefe do departamento de balanço de pagamentos da Administração Estatal de Câmbio (SAFE, na sigla em inglês), em uma publicação nas redes sociais no fim de semana.

“A oferta e a demanda do mercado foram a força dominante que impulsionou o rali do iuan neste ano, enquanto a expansão ordenada das compras domésticas de câmbio e dos canais de atração de investimento devem ser a chave para estabilizar a moeda”, disse ele.

O iuan chinês tem sido uma das moedas asiáticas de melhor desempenho neste ano, em alta de cerca de 3% em relação a um dólar norte-americano de forma geral fortalecido.

“A expressiva alta da taxa de câmbio multilateral do iuan tem gerado preocupações sobre competitividade”, disse Guan.

(Por Winni Zhou e Andrew Galbraith)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHBC0L7-BASEIMAGE