Internacionais

Evo diz que justiça erra ao vetar sua candidatura

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

22 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 22 de fevereiro de 2020 - 00:00

O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, exilado em Buenos Aires, considerou um “erro político” a decisão do Tribunal Superior Eleitoral de seu país de não aceitar sua candidatura ao Senado nas eleições de maio.

“Agora não me deixam ser candidato, não respeitam a lei eleitoral”, disse Morales. “Com essa decisão, o Tribunal Superior Eleitoral não está garantindo uma eleição limpa.” (Agências Internacionais)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.