Notícias

Evento em Londrina discute a diversidade na segurança pública

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

4 de junho de 2013 - 00:00 - Atualizado em 4 de junho de 2013 - 00:00

Na manhã desta terça-feira (04) uma reunião com 250 policiais militares e guardas municipais aconteceu em Londrina. A intenção da conferência é discutir o racismo, a diversidade cultural, religião e orientação sexual.

Dados apontam que de cada 10 jovens assassinados no Brasil, sete são negros. A socióloga que coordena o evento, Maria Nilza da Silva, explica que os negros sofrem mais com violência e são mais criminalizados.

O evento é ministrado pelo advogado e ex-secretário de Justiça de São Paulo, Hédio Silva Júnior. Ele defende um projeto para punir com mais rigor crimes relacionados ao racismo, homofobia e preconceito religioso.

Além da atividade policial de rotina, há uma preocupação em orientar agentes de segurança para atuar em grandes eventos, inclusive de porte internacional, como a copa do mundo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.