Agronegócio

EUA: qualidade das lavouras de milho melhora na semana

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

23 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 23 de setembro de 2019 - 00:00

Washington, 23 – A qualidade das lavouras de milho nos Estados Unidos melhorou na semana passada, de acordo com o Departamento de Agricultura do país (USDA). Em seu relatório semanal de acompanhamento de safra, o USDA disse que 57% da safra apresentava condição boa ou excelente até o último domingo (22), alta de 2 pontos porcentuais ante a semana anterior. Há um ano, essa parcela era de 69%.

O relatório mostrou também que 96% da safra estava formando grãos, em comparação a 100% na média dos cinco anos anteriores. Segundo o governo dos EUA, 79% da safra estava formando dentes, ante 94% na média. Além disso, 29% da safra estava madura, em comparação a 57% na média de cinco anos. O USDA disse ainda que 7% da safra tinha sido colhida, ante 11% na média.

O USDA informou que 54% da safra de soja tinha condição boa ou excelente até a semana passada, sem variação ante a semana anterior. Na época correspondente do ano passado, essa parcela era de 68%. O governo dos EUA disse também que 34% da safra tinha queda de folhas, ante 59% na média.

Segundo o governo dos EUA, 87% da safra de trigo de primavera tinha sido colhida, em comparação a 97% na média de cinco anos. Além disso, 22% da safra de inverno tinha sido plantada, ante 24% na média.

O relatório mostrou ainda que 39% da safra de algodão apresentava condição boa ou excelente, piora de 2 pontos porcentuais em relação à semana anterior. Além disso, 64% da safra tinha abertura de maçãs, ante 57% na média de cinco anos. O governo dos EUA disse que 11% da safra tinha sido colhida, em linha com a média de cinco anos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.