Notícias

EUA orientam que pessoas vacinadas podem ficar sem máscara em lugares abertos em alguns casos

Reuters
Reuters
EUA orientam que pessoas vacinadas podem ficar sem máscara em lugares abertos em alguns casos
Pessoas de máscara do lado de fora de restaurante em Michigan, nos EUA

27 de abril de 2021 - 17:24 - Atualizado em 27 de abril de 2021 - 17:25

WASHINGTON (Reuters) – Pessoas totalmente vacinadas podem realizar atividades ao ar livre como andar e fazer caminhadas sem usar máscaras com segurança, mas devem continuar usando coberturas faciais em espaços públicos onde estas são exigidas, afirmaram agências reguladoras dos Estados Unidos e o presidente Joe Biden nesta terça-feira.

A nova diretriz chega no momento em que metade dos adultos norte-americanos já recebeu ao menos uma dose de vacina contra Covid-19, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC).

Biden disse que a nova diretriz foi resultado das medidas tomadas pelo país para combater o coronavírus.

“Fizemos um progresso impressionante por causa de todos vocês”, afirmou Biden, acrescentando que os casos de Covid-19 “diminuíram drasticamente”. As mortes entre os idosos caíram 80% com o aumento das vacinações, disse ele.

“Se você estiver vacinado, poderá fazer mais coisas, com mais segurança, tanto ao ar livre quanto em ambientes fechados”, disse Biden, acrescentando que as máscaras ainda devem ser usadas em grandes multidões e eventos em estádios.

Especialistas consideram o uso de máscaras uma das maneiras mais eficazes de controlar a transmissão do vírus. Como a maior parte da transmissão da Covid-19 ocorre em local fechado e as vacinações estão aumentando, o uso de máscaras ao ar livre é um tema de debate público há semanas nos EUA, já que os norte-americanos querem usufruir dos benefícios de estar totalmente vacinados.

O CDC classificou a nova orientação de “primeiro passo para ajudar os americanos totalmente vacinados a retomarem atividades que deixaram de realizar por causa da pandemia, mas tendo em mente o risco em potencial de transmitir o vírus a outros”.

Os casos novos de Covid-19 diminuíram 16% na última semana, e mais de 140 milhões de pessoas já receberam ao menos uma dose das vacinas autorizadas da Pfizer/BioNTech e da Moderna ou a vacina de uma dose da Johnson & Johnson.

Foi a maior queda percentual no número semanal de casos novos desde fevereiro, de acordo com uma análise de dados de condados e Estados feita pela Reuters.

Pouco mais de 29% da população dos EUA está totalmente vacinada, segundo o CDC, e 43% receberam uma dose das vacinas de duas doses.

(Por Manojna Maddipatla, em Bengaluru)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH3Q12X-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.