Notícias

EUA não vão suspender importações de carne bovina do Brasil, diz secretário

Reuters
Reuters
EUA não vão suspender importações de carne bovina do Brasil, diz secretário
Rebanho bovino no Pará

6 de dezembro de 2021 - 11:09 - Atualizado em 6 de dezembro de 2021 - 11:10

(Reuters) – Os Estados Unidos não vão suspender importações de carne bovina do Brasil após o país atrasar relatório sobre preocupações sanitárias, disse o secretário de Agricultura dos EUA, Tom Vilsack, ao site Politico.

Em novembro, a Associação de Produtores de Carne dos Estados Unidos (NCBA) pediu a proibição da entrada do produto brasileiro no mercado norte-americano, após registros de casos atípicos de Encefalopatia Espongiforme Bovina, conhecida como “doença da vaca louca”, no Brasil.

A solicitação do embargo seguiu uma suspensão efetivada pela China, devido ao problema sanitário, o que fez as exportações brasileiras caírem praticamente pela metade em outubro e novembro, segundo dados da associação Abiec.

Com o embargo chinês, agora os EUA aparecem como os principais importadores de carne bovina do Brasil, tendo abocanhado fatia de 17,3% em novembro, de um total de 100 mil toneladas, segundo dados da Abiec.

((Texto e reportagem adicional de Roberto Samora))REUTERS RS

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHB50LK-BASEIMAGE