Notícias

EUA estão com o povo cubano pedindo liberdade e alívio da pandemia, diz Biden

Reuters
Reuters
EUA estão com o povo cubano pedindo liberdade e alívio da pandemia, diz Biden
Manifestantes gritam slogans contra o governo cubano durante protesto em Havana

12 de julho de 2021 - 13:09 - Atualizado em 12 de julho de 2021 - 13:10

WASHINGTON (Reuters) – Os Estados Unidos estão ao lado do povo de Cuba em seus apelos por liberdade e alívio da pandemia de coronavírus e de décadas de repressão, disse o presidente Joe Biden nesta segunda-feira.

Bradando “liberdade” e pedindo a renúncia do presidente Miguel Díaz-Canel, milhares de cubanos se uniram em protestos de rua de Havana a Santiago no domingo, as maiores manifestações contra o governo na ilha comunista em décadas.

“Estamos com o povo cubano em seu apelo por liberdade e alívio do flagelo trágico da pandemia e das décadas de repressão e sofrimento econômico aos quais ele é submetido pelo regime autoritário de Cuba”, disse Biden em um comunicado.

Os protestos irromperam em meio à pior crise econômica de Cuba desde o fim da União Soviética, sua antiga aliada, e uma disparada recorde de infecções de coronavírus. Pessoas expressaram revolta com a escassez de produtos básicos, as limitações às liberdades civis e à maneira como as autoridades lidam com a pandemia.

“O povo cubano está afirmando bravamente direitos fundamentais e universais. Estes direitos, incluindo o direito ao protesto pacífico e o direito de determinar livremente seu próprio futuro, precisam ser respeitados”, afirmou Biden.

“Os Estados Unidos pedem que o regime cubano ouça seu povo e atenda suas necessidades neste momento vital, ao invés de se enriquecer.”

Ainda nesta segunda-feira, pouco antes de Biden emitir seu comunicado, Díaz-Canel culpou as sanções norte-americanas, que foram endurecidas nos últimos anos, por problemas econômicos como a escassez de remédios e blecautes que atiçaram protestos incomuns no final de semana.

(Por Doina Chiacu)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6B0UH-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.