Notícias

Maníaco do Sandero: polícia procura estuprador que ataca jovens em Curitiba

O suspeito já estuprou uma garota e tentou abusar de outras duas; as três abordagens ocorreram durante o dia

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Maníaco do Sandero: polícia procura estuprador que ataca jovens em Curitiba
Retrato falado do suspeito dos ataques. (Foto: Divulgação)

30 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:59

A Polícia Civil de Curitiba procura por um homem suspeito de estar envolvido, somente no mês de dezembro, em pelo menos um estupro consumado e duas tentativas. Em todos os casos, as jovens foram abordadas pelo suspeito que chega em um Renault Sandero, prata, e armado tenta levá-las para dentro do veículo. 

Qualquer informação que possa ajudar na identificação do suspeito ou no seu paradeiro pode ser repassada, de forma anônima, para a Delegacia da Mulher pelo telefone 41. 3219-8600.

Estupro no dia 19 de dezembro 

O primeiro caso registrado ocorreu no dia 19 de dezembro, em uma rua sem saída do bairro Jardim Social. Na ocasião, uma jovem de 18 anos saia de casa quando foi cercada por um homem que estava em um veículo Renault Sandero, prata. Ele desceu do carro armado com um revólver e uma faca e obrigou a vítima a entrar no veículo. Ela foi violentada e abandonada a cerca de dois quarteirões de onde ela vive

estuprador-que-vem-atacando-jovens-em-curitiba

Câmeras de segurança registram a ação do estuprador. (Foto: Reprodução)

Tentativa de estupro no dia 23 de dezembro

No dia 23 de dezembro, uma jovem de 20 anos andava por uma rua do bairro São Lourenço quando foi abordada por um homem que também dirigia um Renault Sandero, prata. Percebendo o perigo, a garota pediu socorro para a mãe por telefone e conseguiu escapar porque a mulher correu para encontrar a filha

“Quando ela tava descendo do outro lado da rua, ele abordou ela de frente, entrou na frente dela com o Sandero, e ela percebeu e atravessou a rua. E nisso, ela já tava com o dedo no telefone, me pedindo pra eu ir lá. Daí, ela só fez o sinal de empurrar, com a mão, gritou e eu nisso já estava saindo da minha casa gritando e correndo como uma louca. Ele calmamente entrou no carro como se não fosse com ele e saiu de ré”, contou a mãe, que preferiu não se identificar. 

estuprador-que-vem-atacando-jovens-em-curitiba

Mais uma vez a ação do suspeito foram flagradas por uma câmera de segurança. (Foto: Reprodução)

De acordo com a mãe, alguns dias antes da tentativa de estupro, o suspeito já havia tentado invadir a residência onde a família vive.“Ele pulou a casa do meu irmão aqui do lado e ele, achando que eu não estava em casa porque o carro não tava ali, ele entrou. Só que o cachorro dele [do irmão] e o meu começaram a latir muito diferente, daí, ele [irmão] saiu pra fora pra olhar o que estava acontecendo e deu de cara com o rapaz. E o rapaz  falou ‘não é nada com você’ e foi embora. E ele entrou pegar um facão e correr atrás do rapaz e viu ele fugindo”, explicou. 

Em primeiro momento, a mulher acreditou que se tratava de uma tentativa de roubo, mas depois de ver as imagens da ação do suspeito no Jardim Social e do que aconteceu com sua filha, alguns dias depois, ela percebeu que o verdadeiro alvo é a garota. Ainda conforme a mãe, um dia depois da tentativa de abordagem a filha, o homem voltou a passar pela rua. “No dia 24, ele voltou a passar por aqui, a gente só reparou que tava com as janelas abertas, normalmente, como se não fosse com ele”. 

Jovem escapa do estuprador no bairro Bacacheri

Além dos dois casos acima, um boletim de ocorrência de uma terceira vítima foi registrado na Delegacia da Mulher de Curitiba. Nesse caso, o ataque ocorreu na Rua México, no bairro Bacacheri, entre os dias 19 e 21 de dezembro. A vítima conseguiu fugir. 

O caso segue em investigação. 

*Com informações de Wiliam Bittar, da RIC Record TV

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.