Notícias

Estudo com CoronaVac em Serrana mostrou queda de 70% da Covid em idosos, diz Dimas Covas

Reuters
Reuters
Estudo com CoronaVac em Serrana mostrou queda de 70% da Covid em idosos, diz Dimas Covas
Presidente do Insttuto Butantan, Dimas Covas, em São Paulo

27 de maio de 2021 - 15:56 - Atualizado em 27 de maio de 2021 - 16:01

(Reuters) – Estudo sobre os efeitos da vacinação em massa com a CoronaVac na cidade de Serrana (SP) mostrou uma redução de 70% no número de casos de Covid-19 em idosos após a aplicação de duas doses, confirmando a eficácia da vacinação para enfrentar a pandemia, afirmou o presidente do Instituto Butantan, Dimas Covas, nesta quinta-feira.

Os resultados do estudo, que serão divulgados ainda esta semana, apontam uma redução de casos em todas as faixas etárias vacinadas, acrescentou o presidente do Butantan em depoimento à CPI da Covid no Senado.

“Vem caindo progressivamente, mostrando que o efeito da vacina quando se vacina em massa é direto sobre a evolução da epidemia”, afirmou Covas.

“E é isso que é o objetivo, enquanto não tiver essa vacinação de 97% das pessoas em risco, como foi o caso lá em Serrana, nós não vamos ter esse decréscimo natural da epidemia e ela poderá ficar sofrendo essas indas e vindas e, principalmente, quando surge uma variante nova”, acrescentou.

O Butantan iniciou em fevereiro a vacinação de toda a população adulta da cidade de Serrana (cerca de 30 mil pessoas) com a CoronaVac como um estudo para avaliar o impacto da imunização na pandemia de Covid-19.

Segundo ele, o estudo ocorreu já com a presença da variante mais transmissível P.1 na cidade, o que aponta para a eficácia do imunizante desenvolvido pela chinesa Sinovac contra a linhagem do vírus originada em Manaus.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4Q1AX-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.