Notícias

Estação meteorológica em Toledo auxilia produtores rurais do oeste do Estado

Equipamento ajuda agricultores na tomada de decisões quando o assunto é a lavoura

Aline
Aline Cristina / Repórter com informações da assessoria
Estação meteorológica em Toledo auxilia produtores rurais do oeste do Estado
(foto: assessoria)

19 de junho de 2021 - 09:24 - Atualizado em 19 de junho de 2021 - 09:30

Ter o máximo possível de previsibilidade sobre o clima é tudo o que o produtor rural deseja para antecipar suas ações no campo, evitando perdas e garantindo a produtividade. Nesse contexto, a Estação Meteorológica instalada no Câmpus de Toledo da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) é grande aliada dos agricultores da região.  

Responsável pela estação, o professor Alexandre Luis Müller, do curso de Agronomia da PUCPR, explica que o equipamento, que faz a leitura das condições climáticas, está instalado a 1,5 metro do solo, livre de barreira. 

“Esse equipamento fornece dados dos níveis de precipitações, temperaturas máxima e mínima – inclusive do solo –, velocidade mínima e máxima dos ventos e sua direção, além do índice de umidade relativa do ar. Essas informações são coletadas de hora em hora e diariamente é emitido um relatório que fica à disposição de toda a comunidade para consulta. Nosso objetivo é fazer com que as informações mais precisas e relevantes possam ajudar o agricultor na tomada de decisão quando o assunto é a lavoura.”

Alexandre Luis Müller – professor responsável

Os futuros agrônomos são os responsáveis por interpretar os dados coletados no equipamento, sob a supervisão do docente, e traçar um planejamento ideal para o produtor rural. Para o estudante, ter acesso às informações de uma estação meteorológica é um acréscimo valioso à formação. 

Planejamento

Müller também destaca que o equipamento, que registra os fenômenos naturais, contribui com informações importantes para a cadeia produtiva. Isso porque quando são avaliadas as condições de chuvas e de seca, umidade do ar e alerta de geada – emitido via Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar) –, ou quando a realidade do solo é pontuada, os pesquisadores estão colaborando para que o produtor rural decida se há condições favoráveis de clima para fazer a semeadura.  

“O planejamento deve ser a base de toda propriedade rural que deseja manter alta a produtividade. Dentro desse planejamento, os agricultores podem contar com as informações precisas da Estação Meteorológica da PUCPR, que trazem economia de tempo e de dinheiro. Com acesso aos dados, afinal, o produtor consegue antecipar ou reprogramar o manejo cultural”, diz o pesquisador.  

Alexandre Luis Müller – professor responsável

Com as informações, o agricultor também pode verificar se há fatores agravantes para o surgimento de alguma doença, sendo que esse estudo detalhado vai gerar reflexos em toda a cadeia do agronegócio.  

Para ter acesso aos relatórios da Estação Meteorológica, em Toledo é necessário entrar em contato pelo telefone (45) 99966-2072.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.