Especiais Publicitários

Você é o Chef e Centro Europeu: parceria com a qualidade da Compagas

Segurança, praticidade e preocupação ambiental na cozinha da instituição de ensino, abastecida por gás natural da companhia são fatores importantes para a produção do programa das tardes de sábado

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Você é o Chef e Centro Europeu: parceria com a qualidade da Compagas

14 de outubro de 2020 - 17:58 - Atualizado em 14 de outubro de 2020 - 18:01

Quando a produção do programa Você é o Chef iniciou as tratativas para a sua criação, pensou imediatamente na segurança da equipe de produção e dos participantes e no fornecimento contínuo do combustível. Por isso, a viabilidade da atração, que se passa basicamente em uma cozinha, se confirmou em um lugar que utiliza um combustível seguro, prático e com fornecimento ininterrupto, ou seja, com gás natural canalizado da COMPAGAS

Um dos elementos que torna o gás natural mais seguro é o fato de ter densidade mais leve que o ar. Assim, em caso de vazamento, ele se dissipa com mais facilidade na atmosfera. E não há necessidade de estocá-lo porque seu fornecimento se dá via tubulações subterrâneas preparadas especificamente para esse fim. E por isso, está à disposição 24 horas, sete dias por semana. Diferentemente do botijão (GLP), que conta com resíduos que não podem ser utilizados, o gás natural não gera desperdícios, e o pagamento é feito só depois do consumo. 

Ser cliente da Compagas (Companhia Paranaense de Gás) foi uma das vantagens que colaboraram para a emissora enxergar no Centro Europeu o parceiro ideal para desenvolver a atração. “Sempre que iniciamos um projeto, uma das principais questões é a segurança”, informa Mabel Rocha, diretora do Você é o Chef. “A escolha do Centro Europeu para as gravações do programa veio ao encontro das nossas necessidades”, diz.

Segurança e eficácia

“Quando o Centro Europeu construiu sua unidade de ensino em Gastronomia em Curitiba, em 2013, optou pelo gás natural canalizado por diversos fatores, entre eles a segurança e a eficácia”, lembra Rogério Gobbi, diretor acadêmico do Centro Europeu, acrescentando que, em uma instituição que recebe cerca de 250 alunos, por dia, pensar em segurança é fundamental. E contar com as características do gás natural quando o assunto é segurança é algo do qual a escola não poderia abrir mão. 

A canalização do combustível, o que dispensa a necessidade de armazenamento, também pesou na escolha pelo gás natural. “Porque gera economia de espaço e nos oferece enorme facilidade de instalação através de ramais e registros distribuídos nas cozinhas didáticas da escola”, pontua.

Por se tratar de uma escola, a responsabilidade na formação passa também por instigar na preparação do profissional uma percepção maior das questões ambientais, obrigação que deveria ser de cada indivíduo. Com a utilização do gás natural, informa Gobbi, o Centro Europeu transmite aos alunos a mensagem de se buscar alternativas de combustíveis com menor emissão de carbono e, portanto, menos poluente. “Ao qualificar e avaliar todos esses benefícios, estamos seguros da nossa parcela de contribuição com o meio ambiente, com a segurança e a logística dos nossos processos”, considera Gobbi.

“O Centro Europeu alia questões importantes para o nosso trabalho com o programa”, acrescenta Mabel: “estrutura e confiabilidade do nome somadas à segurança da cozinha, onde passamos a maior parte do tempo gravando. E graças ao zelo do Centro Europeu em trabalhar com gás natural, não temos preocupação com odor, acidentes ou falhas com os equipamentos utilizados pelos participantes. Isso com certeza nos traz tranquilidade e agilidade para o nosso projeto”, comemora

Sobre a Compagas — Empresa de economia mista, tem como acionista majoritária a Companhia Paranaense de Energia – Copel, com 51% das ações, a Gaspetro, com 24,5% e a Mitsui Gás e Energia do Brasil, com 24,5%. Em março de 2000, a empresa passou a ser a primeira distribuidora do Sul do país a fornecer o gás natural canalizado aos seus clientes, com a inauguração do ramal sul do gasoduto Bolívia – Brasil (Gasbol).

Atualmente, a Compagas conta com mais de 48 mil clientes dos segmentos residencial, comercial, industrial, veicular e geração de energia elétrica e está presente em 16 municípios: Araucária, Curitiba, Campo Largo, Balsa Nova, Palmeira, Ponta Grossa, São José dos Pinhais, Colombo, Quatro Barras, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Campina Grande do Sul, Paranaguá, Carambeí, Castro e Arapoti.  

selo_ricmais_publis