Especiais Publicitários

Feito no Paraná valoriza histórias de quem faz o Paraná crescer

A campanha vai incentivar a compra segura durante a pandemia da Covid-19

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Feito no Paraná valoriza histórias de quem faz o Paraná crescer

16 de outubro de 2020 - 11:00

O novo programa do Governo do Paraná vê na qualidade do produto paranaense a oportunidade de melhorar a vida de todo mundo. A ideia é essa: valorizar os produtos feitos no Paraná para que eles sejam a escolha de mais pessoas na hora de comprar. Isso vai movimentar a economia e fortalecer negócios, empresas e a indústria do Estado. O que vai gerar mais oportunidades de emprego. Assim, mais pessoas terão renda para comprar produtos feitos no Paraná. E aí tudo recomeça.

Esse círculo virtuoso é a essência do Feito no Paraná, projeto da Secretaria de Planejamento e Projetos Estruturantes do Governo do Paraná. E para fazer esse programa acontecer, o Governo do Estado vai apresentar as vocações produtivas regionais do Paraná ao cidadão. Isso acontecerá na forma de uma série de reportagens que serão realizadas pela Agência de Notícias Estadual. A intenção é percorrer o Estado e apresentar à população diferentes especialidades produtivas e como elas ajudam a potencializar o crescimento das regiões onde estão inseridas.

Paraná tem grande variedade de vocações produtivas

Entre outras vocações produtivas locais que serão mostradas nas reportagens estão os importantes fabricantes de louças e porcelanas encontrados na Região Metropolitana de Curitiba; o polo de tecnologia da informação nos Campos Gerais, em Ponta Grossa; as diferentes empresas de confecções, madeira, móveis e alumínio no Sudoeste, produtores de mandioca e seus derivados em Paranavaí e a larga produção de bonés, a maior do Brasil, em Apucarana. As cooperativas agropecuárias, que industrializam uma grande variedade de itens que vão diariamente para a mesa das pessoas, também serão retratadas.

A importância do cidadão conhecer para escolher

Para o coordenador de Integração Econômica da Secretaria do Planejamento, Marcelo Antonio Percicotti, é fundamental que o cidadão conheça o que está sendo feito no Estado e a qualidade desses produtos. “Muitas vezes, deixamos de consumir algo que é feito em municípios vizinhos por simplesmente desconhecer a existência deles ou por não saber o valor agregado que estes produtos carregam. Esta campanha vai contribuir para que os produtos feitos no Estado ganhem destaque até nacionalmente”, avalia.

Campanha de comunicação inclui marca e incentivo à compra segura

Uma marca criada para o programa irá identificar os produtos feitos no Paraná nos locais de venda. Isso vai orientar o consumidor paranaense a verificar a origem e priorizar os produtos do seu Estado. Além disso, uma
campanha divulgará o programa nos principais meios de comunicação, incluindo TV, rádio, jornais e internet, além de cartazes e peças de identificação que ajudarão o consumidor a localizar esses produtos no ponto de venda.

A campanha também vai incentivar a compra segura durante a pandemia da Covid-19, como afirma Lindemberg Almeida, do núcleo de Comunicação da Secretaria de Planejamento e Projetos Estruturantes:

“Nosso objetivo é colaborar para a construção de uma responsabilidade
compartilhada para a manutenção das atividades econômicas, tanto por
quem vende como por quem compra. Queremos restabelecer a confiança
do consumidor por meio de protocolos sanitários da Secretaria de Saúde,
fomentando novos hábitos de venda e de consumo”

Para mais informações, acesse http://www.feitonoparana.pr.gov.br/

selo_ricmais_publis