Especiais Publicitários

Compagas reduz tarifa de gás natural e auxilia bares e restaurantes em meio à pandemia

Companhia busca apoiar o segmento de foodservice, que sentiu queda significativa no faturamento devido à necessidade de isolamento social

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Compagas reduz tarifa de gás natural e auxilia bares e restaurantes em meio à pandemia

28 de setembro de 2020 - 16:35 - Atualizado em 6 de outubro de 2020 - 19:53

Em agosto, a Compagas (Companhia Paranaense de Gás) reduziu as tarifas de gás natural no Paraná e para o segmento comercial a redução ficou em 8,32%. Além disso, houve uma segunda queda na conta de gás, de 2,2%, a partir de uma decisão judicial a favor da Companhia – que retira a obrigação do recolhimento de PIS e Cofins sobre o ICMS incidente na tarifa. Se somar os descontos, a redução de 10,5% vai favorecer os 580 clientes deste segmento – nessa lista estão, em sua maioria, bares e restaurantes, mas também shoppings, hotéis e hospitais. A nova tarifa é válida até janeiro de 2021.

A intenção da Compagas em trabalhar pela redução nas tarifas foi de oferecer apoio aos clientes, inclusive ao segmento de foodservice. Ao perceber que a crise causada pela pandemia do novo coronavírus afetaria diretamente bares e restaurantes, pela necessidade do isolamento social, a Companhia ponderou que o cenário, de lenta recuperação, exigiria uma tomada de decisão que desonerasse de alguma maneira os custos de manutenção desses estabelecimentos.

Segundo cálculos da Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), a recuperação deve chegar ao setor apenas em dezembro deste ano. E mais: ainda segundo a associação, 68% dos proprietários de bares e restaurantes em todo o país já apontam faturamento baixo na reabertura dos estabelecimentos.

Com o alívio na tarifa, a expectativa da Companhia é que os empresários do setor consigam calcular antecipadamente os custos com o insumo. O que deve ajudá-los no planejamento, ao menos em curto e médio prazos, já que o ano foi de faturamento bastante abaixo do estimado para o período.

Ainda de acordo com a Compagas, o ano começou promissor para o segmento, mas caiu vertiginosamente de uma hora pra outra com a necessidade da adoção das medidas de proteção contra a Covid-19 – o consumo de gás no setor comercial chegou a cair 50% entre os meses de abril a agosto. A redução na tarifa deve ajudar os donos de bares e restaurantes a encerrar o ano com um pouco mais de segurança.

Sem suspensão por falta de pagamento durante a quarentena

A Compagas entendeu logo o problema que a pandemia geraria aos bares e restaurantes. E, já em março deste ano, determinou a não suspensão do fornecimento de gás natural a clientes do setor, mesmo que estivessem inadimplentes. Ainda que muitos tenham fechado as portas respeitando a determinação das autoridades sanitárias, em alguns casos, foi necessário manter as operações. E para auxiliar neste momento, a empresa passou a oferecer condições de negociação para o pagamento de faturas relativas ao consumo de gás.

compagas

Combate à Covid 19 e testes para colaboradores

Na campanha “Compagas e você: juntos pela vida”, a companhia realizou ações de combate e prevenção ao novo coronavírus, doando R$ 500 mil para a compra de 129 mil unidades do swab de fibra sintética, parte do kit de testagem para a Covid-19. Todo o material foi entregue ao Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP). Vinculada à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o instituto tem trabalhado no processo e análise de testes com objetivo de fortalecer e integrar as ações de vigilância e controle do novo coronavírus a partir da entrega de kits para diagnósticos de qualidade em todo o estado do Paraná.

Enquanto durar a pandemia, a Compagas deve realizar testes periódicos para a Covid-19 em todos os colaboradores que precisam estar nas unidades e que não puderam adotar o home office. Os testes começaram a ser realizados em maio. Antes, em abril, a empresa realizou a campanha de vacinação contra a gripe. Todos os colaboradores e funcionários terceirizados foram vacinados.

selo_ricmais_publis