Inova Mais

Empresas preparam carros voadores que devem ser lançados em breve

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

11 de março de 2018 - 00:00 - Atualizado em 15 de setembro de 2020 - 08:12

O V-pal é um dos modelos de carro voador que vem sendo desenvolvido ao redor do mundo (Foto: Divulgação/V-pal)

Eles não serão nada baratos, mas prometem realizar o sonho de muitos futuristas: tornar as viagens áreas mais simples

*Do R7

Você provavelmente já ouve sobre a chegada de carros voadores faz tempo e nada deles serem vendidos.

Algumas empresas dizem que estes veículos já deveriam estar entre nós. Mas eles devem chegar em breve, se as tendências mostradas no Salão de Genebra — o melhor evento de carros do mundo, realizado em março — estiverem corretas. Algumas empresas mostraram modelos lá, como a holandesa responsável pelo Pal-V.

O Pal-V é um dos vários carros voadores desenvolvidos ao redor do mundo. Mas, apesar da empolgação das fabricantes, muitos enxergam esses veículos como “nichos de mercado”. 

O engenheiro mecânico Carlo van de Weijer, da Universidade SingularityU, é um dos que afirmam que carros voadores não mudarão significativamente o mercado. Segundo os fabricantes, ele voará a 170 km/h, correrá a até 180 km/h, com autonomia de 500 quilômetros.

O preço não deve ser nada modesto: R$ 2 milhões (500 mil euros), na primeira leva de 90 veículos.

Além do Pal-V, outros carros voadores estão perto de ser produzidos em massa. Um deles é o Aeromobil, que faz a conversão de carro para avião em três minutos.

O preço também está nas alturas: R$ 3,25 milhões no primeiro pedido, com planos de entregar os primeiros modelos em 2020. Autoridades da União Europeia e Estados Unidos já aprovaram o modelo. 

A Airbus é uma das empresas grandes que investe em veículos voadores. Esse é o Pop.Up, um carro elétrico de dois lugares que possui um chassi extra que torna o carro um drone. Quando estiver em terra, o chassi pode ser retirado.

Foto: Divulgação/Airbus

Este é o Terrafugia, há mais de 10 anos em desenvolvimento. De todos da lista, ele é um dos maiores e custará R$ 977 mil.

Foto: Divulgação/Terrafugia

O Uber é outra das grandes empresas que está no mercado de carros voadores. O projeto é liderado por um pesquisador da Nasa e se chama Elevate. Segundo a empresa, como os motores serão quase silenciosos, ele será adequado para áreas urbanas, mas ainda não tem previsão de lançamento. 

Foto: Divulgação/Uber

O Lilium é um projeto alemão. De todos, é o que tem mais lugares: cinco. A empresa pretende fazer um voo aéreo tripulado em 2019. A ideia é utilizar o Lilium como veículo padrão de empresas de táxi aéreo. 

Foto: Divulgação/Litium