Notícias

Empresário que matou criminoso no portão de casa paga fiança e é solto “aliviado”

Homem passou mais de 24 horas preso e pagou fiança de R$ 8.360 

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações do repórter Nader Khalil da RIC Record TV, Curitiba
Empresário que matou criminoso no portão de casa paga fiança e é solto “aliviado”
(FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

11 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:52

Por volta das 18h10 desta terça-feira (11), o empresário, que matou um criminoso que tentava roubar uma motocicleta de sua casa, foi liberado da Delegacia de Pinhais. Ao lado do advogado Igor Ogar, o homem agradeceu pela liberdade e disse que estava aliviado, após passar mais de 24 horas detido.

Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento que o suspeito tentava roubar o veículo do empresário (assista abaixo). Do terceiro andar da residência, o homem disparou com uma pistola 9mm e atingiu a cabeça de Jhonatan Zambom. O baleado não resistiu e morreu no local.

De acordo com a polícia, o jovem morto possuía quatro mandados de prisão em abertos contra ele.

Empresário paga fiança de R$ 8.360

Pouco mais de 24 horas após ser preso pelo homicídio de Jhonatan Zambom, o empresário Reinaldo foi liberado da Delegacia de Pinhais. O acusado pagou uma fiança de R$ 8.360, referente a oito salários mínimos, e agora poderá responder pelo crime em liberdade. O valor foi pago a tarde e próximo às 17h o juiz autorizou a soltura.

“Justiça feita, liberdade para quem merece estar na sociedade e não oferece nenhum tipo de risco para a sociedade. As pessoas de bem estão tranquilas, porque sabem que foi cumprida Justiça”, declarou o advogado Igor Ogar, que saiu da delegacia ao lado de Reinaldo.

Após passar mais de um dia preso, Reinaldo deixou o local abatido, entretanto, agradeceu pelos funcionários da delegacia e pelo trabalho do advogado. “Hoje eu só queria agradecer meu advogado. Pessoal aqui da delegacia tudo muito educado, muito tranquilo. Só tenho a agradecer”, contou.

O empresário alegou estar aliviado e que não fez nada “estava querendo defender minha família”. Para o advogado, a Justiça está sendo feita. “População sabe que a atitude dele foi justificada, e que realmente agiu em legítima sociedade. Toda sociedade hoje apoia o Reinaldo”, declarou Igor Ogar.

Confira o momento que Reinaldo deixou a delegacia:

O caso

O homem, que possui uma revendedora de autopeças para automóveis no terreno ao lado da casa, estava trabalhando quando ouviu sua faxineira gritar que estavam roubando a sua motocicleta. O criminoso que havia invadido a garagem da casa foi então advertido pelo empresário, que estava em uma sacada no 2º andar, para que largasse o veículo. Mesmo assim, ele continuou o roubo, e já estava na calçada quando foi atingido por um disparo de arma de fogo na cabeça.

assaltante morreu no local, antes da chegada do socorro, e foi identificado como Jhonatan Zambom. Junto com ele, foram encontradas várias pedras de crack. Segundo a polícia, existiam quatro mandados de prisão contra contra ele. Em sua rede social, Jhonatan chegava a ostentar fotografias com maços de dinheiro.

Uma viatura da Polícia Militar chegou no local logo depois da ocorrência, pois o bandido já estava sendo procurado por ter roubado outras residências da vizinhança pouco tempo antes.

pistola 9 milímetros usada foi apreendida pela polícia. O empresário não possui o porte da arma.

 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.