Notícias

“Em nenhum momento agi conscientemente”, revela empresário que matou ladrão

Homem que matou criminoso no portão de casa e o advogado estiveram no Balanço Geral 

Guilherme
Guilherme Becker / Editor reportagem RIC Record TV, Curitiba
“Em nenhum momento agi conscientemente”, revela empresário que matou ladrão
(FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

12 de fevereiro de 2020 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 14:52

O empresário que foi preso após matar um suspeito que tentava roubar uma motocicleta dentro da sua casa participou do programa Balanço Geral Paraná nesta quarta-feira (12). Reinaldo Locatelli Ribeiro, que deixou a carceragem da Delegacia de Pinhais no final da tarde desta terça-feira (11), revelou que não teve a intenção de matar Jhonatan Zambom, de 30 anos.

“Em nenhum momento eu penso em matar essa pessoa. Em nenhum momento eu penso em tirar a vida de alguém ou desse rapaz. Foi um momento muito de tensão, de terror. Pelo fato das ameaças que eu sofri, que eu venho sofrendo agora também. Foi um momento de calor que infelizmente veio a tirar a vida desse rapaz. Mas em nenhum momento eu agi conscientemente em virtude de tirar a vida dele”, esclareceu Reinaldo.

Questionado sobre a arma utilizada no crime, Reinaldo comentou que era um objeto de família, que já estava há muito tempo em posse. “Eu não tenho outras armas em casa. Com relação a essa arma, meu advogado ainda vai vir com algumas novas informações sobre isso […] Essa arma já vinha de antes, ela ficava bem guardada embaixo de guarda-roupa e tudo mais. Ela já é uma questão de família, da época lá do Paraguai”, contou o empresário.

Advogado ressalta que suspeito fez menção que estava armado

O advogado do empresário, que também esteve no Balanço Geral Paraná, voltou a defender que Reinaldo agiu em legítima defesa. De acordo com Igor Ogar, o seu cliente não estava preocupado com os bens materiais e sim com a vida, visto que estava sendo ameaçado dentro da própria casa.

“Em nenhum momento ele se preocupou com a propriedade e sim com a vida. Essa pessoa entrou na casa dele começou a gritar, ameaçar eles de morte. Ele teve que dizer onde estavam as chaves dos carros, ele leva o molho com todas as chaves do carro e também da motocicleta. Em nenhum momento ele deixou de estar sendo ameaçado, inclusive ameaçado de vida, ele e a outra pessoa que estava na casa”, revelou o advogado.

Em novas imagens, registradas pelo sistema de câmeras instaladas na residência de Reinaldo, o empresário aparece na garagem, de frente com Jhonatan, segundos antes de disparar. Neste momento, o advogado contou que o empresário estava tentando deixar o local, para que o suspeito levasse o que quisesse.

“Quando ele sai, antes de pegar uma arma, para ver se esse criminoso, esse bandido, que lamentavelmente veio a óbito, se essa pessoa já tinha saído ele dá de encontro com essa pessoa. Nem no momento final do roubo ele pensou em pegar a arma, porque ele não queria reagir”, falou Igor Ogar.

Ainda de acordo com o advogado, Jhonatan chegou a declarar “eu vou matar todo mundo dentro dessa casa”. Confira a entrevista completa:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.