Gislayne Muraro
Marketing Facilitado

Por Gislayne Muraro

Empreendedorismo

29 de julho de 2020 - 12:54

Atualizado em 29 de julho de 2020 - 12:57

Seja coerente na sua comunicação

Se toda ação de comunicação é uma atitude da marca, o contrário também é verdadeiro: toda atitude é uma forma de comunicar. O público percebe quando a sua atitude é diferente daquilo que você comunica a respeito da sua marca.

Gislayne Muraro
Marketing Facilitado

Publicitária, especialista em planejamento e gestão. Consultora e Diretora de Marketing do Grupo RIC, mentora no Programa de Mentoring da PUCPR e membro ADVB.

Empreendedorismo Gislayne Muraro
Linkedin Facebook
Seja coerente na sua comunicação

O texto de hoje é sobre algo rápido, simples e que nunca é demais você, empreendedor ou profissional de marketing lembrar: a necessidade e a importância de você manter uma COERÊNCIA entre aquilo que sua marca comunica e aquilo que, de fato, você entrega.

Fala-se muito sobre a importância de as marcas manterem as ações de comunicação neste momento, de manter a publicidade, afinal, as pessoas estão esperando que as marcas se posicionem, seja para falar o que tem feito neste momento para ajudar, para manter a segurança na prestação de seus serviços ou das adaptações que realizou para continuar atendendo aos clientes.

Uma pesquisa recente da lpsos mostrou que apenas 1% das pessoas discordam que as marcas devam continuar fazendo publicidade neste momento. Portanto, é algo que as empresas devem continuar fazendo: Comunicação.

Mas, mais importante do que manter a comunicação, é comunicar algo que realmente reflita à sua atitude não apenas com o seu consumidor, mas com qualquer stakeholder: com seu funcionário, com seu fornecedor e com a sociedade onde você está inserido.

Se toda ação de comunicação é uma atitude da marca, o contrário também é verdadeiro: toda atitude é uma forma de comunicar. O público percebe quando a sua atitude é diferente daquilo que você comunica a respeito da sua marca. E neste momento, mais do que nunca, as pessoas estão sensíveis e se, no ímpeto de querer comunicar-se, você falar algo diferente do que, na prática, você está entregando, o público não irá perdoar e é possível viralizar de uma forma muito negativa para você.

Então comunique-se, sim. É muito importante continuar. Mas tome muito cuidado com a coerência que, como eu disse no início do texto, é algo simples, é algo óbvio, mas que nunca é demais lembrar.