16 de setembro de 2020 - 11:53

Atualizado em 16 de setembro de 2020 - 12:26

Startup cria dispositivo com inteligência artificial e custo acessível para “abrir portas”

Por Willian Bressan

Startup cria dispositivo com inteligência artificial e custo acessível para “abrir portas”
Evandro Rodrigues da Silva (lado esquerdo) e Guilherme Furlaneto (lado direito) fundaram a IGo Pass mirando mercado de condomínios e empresas. Foto: Divulgação

Coluna semanal publicada dentro do Blog do Bressan com notícias de comunicação, marketing e negócios.

Após participarem de um desafio do Sebrae/PR para desenvolver novos negócios, dois empresários de Maringá inovaram com uma solução para controle de entrada em estabelecimentos ou condomínios que acaba de chegar ao mercado. A ferramenta funciona com um único equipamento para destravar múltiplos acessos (portas ou portões) e não exige investimento em leitores de informações. Na prática a fechadura passa a ser um QR Code, aberta por uma chave, no caso, um smartphone.  Os empresários projetam que a solução custe menos da metade do que projetos tradicionais de automação. A ideia, em fase de desenvolvimento e validação, mira um amplo mercado residencial. 

Do setor da construção civil, os engenheiros Evandro Rodrigues da Silva e Guilherme Furlaneto já trabalhavam com projetos inovadores e foram apresentados no ano passado durante uma ação do Tech By Sebrae, programa que promove a evolução de MPEs nas áreas de gestão, estratégias digitais e expansão de mercado. Conhecendo a demanda de condomínios e empresas por serviços de gerenciamento de acesso, eles criaram a startup IGo Pass.  “Queríamos uma solução que pudéssemos colocar em uma avenida movimentada sem ser danificada por ninguém. Utilizar leitor digital custa caro e se mostra inviável até por conta da pandemia. Carteirinha é algo caro e de baixa segurança. Com o QR Code fixo, o celular lê, comunica a central e a central aciona a fechadura para liberar o acesso”, detalha. 

Para a solução, foi preciso criar um hardware do zero. O produto, que passa por melhoria no design, foi patenteado pela IGo Pass e é fabricado pela própria startup, em Maringá. Diferente de outras soluções que exigem dispositivos distintos para cada acesso, o equipamento, escalável, pode destravar sozinho portões e portas em um raio de 30 metros. Pequeno, pode ser instalado no quadro de energia ou em outros locais. 

Com o equipamento instalado, basta o usuário cadastrado no aplicativo da solução apontar a câmera do smartphone para um QR Code fixado na entrada do estabelecimento e o acesso é liberado.  O celular é transformado em token e o aparelho funciona como uma identidade digital, cujas informações ficam armazenadas em uma base de dados blockchain, o que torna o registro de dados mais seguros. Para usuários não frequentes, o acesso tem prazo para expirar. E para aqueles que não contam com internet no celular, a solução oferece wi-fi. 

Atualmente a equipe da startup, que precisou buscar um desenvolvedor de software e um engenheiro mecatrônico para desenvolver a solução, conta com seis pessoas. O próximo profissional a ser integrado deve preencher a vaga de CEO, que está aberta. 

***

De Curitiba para o Nordeste

“Temos certeza que iremos surpreender o público que valoriza a gastronomia bem-feita, tudo isso potencializado por um ambiente leve e aconchegante”, comenta José Araújo Netto, fundador da rede Porks – Porco & Chope.

A rede curitibana Porks, especializada em preparos com carne suína a preços acessíveis, escolheu a cidade de Recife para abrir sua primeira operação no Nordeste. É a décima terceira loja da marca, que já está presente em  Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Brasília (DF) e Águas Claras (DF), além de Curitiba. Na capital pernambucana, serão várias torneiras de chope com preços a partir de R$ 8. Para completar a experiência, a nova unidade do Porks – Boa Viagem contará com música ao vivo, sem couvert artístico ou entrada, além de ser um espaço pet friendly. “Queremos ser uma das melhores e mais completas opções de lazer de Recife, unindo gastronomia de excelência, com receitas exclusivas e chopes de muita qualidade, música e muita animação”, completa José Araújo Netto. Atualmente, a rede comercializa 10 toneladas de carne suína por mês e, até o final de 2020, pretende aumentar este número com a abertura de mais dez unidades em todo o país.

***

Nexcore cresce 10% no primeiro semestre

Com atuação nacional, a Nexcore Tecnologia, deu suporte a empresas que tiveram que se adaptar das sedes físicas para plataformas na nuvem e funcionários em regime home office, agregando rapidez, eficiência e segurança. Agora, a empresa, que é especializada em soluções de comunicação omnichannel, prevê a retomada. No primeiro semestre de 2020, a empresa baseada em Curitiba teve crescimento de 10%, mesmo com todas as dificuldades impostas, na comparação ao mesmo período de 2019.  A Nexcore também decidiu manter o investimento de R$ 3 mi na nova sede em construção na capital paranaense. A previsão é que esteja pronta ainda neste ano.

***

Empreendedorismo para estudantes

Futuro Positivo é o tema da nova campanha de marketing do Colégio Positivo, que é pautada em três motes principais: InovaçãoEmpreendedorismo e Iniciativa. Entre as peças e estratégias digitais da campanha, foi lançada uma websérie no YouTube, que conta casos reais de alunos inovadores e empreendedores que se destacaram dentro e fora da escola. “O objetivo é reconhecer as iniciativas e criar um histórico de boas ideias que inspiram as novas gerações”, afirma a gerente de marketing do Colégio Positivo, Patricia Russo Gibran.

Por meio de projetos como a Mobipe, o Startup in School, Miniempresa, entre outras, os estudantes de Curitiba (PR), Ponta Grossa (PR), Londrina (PR), Cascavel (PR), Foz do Iguaçu (PR) e Joinville (SC) podem criar propostas e pensar em soluções para problemas locais e globais. “Dessa forma, o Colégio contribui para transformar os jovens em pessoas com esse perfil: inovadoras, empreendedoras e com muita iniciativa”, completa a gerente. Os episódios podem ser acessados gratuitamente no canal do Colégio Positivo YouTube.

***

Expansão

A BRF reforça que sua unidade na cidade é uma das mais relevantes para a operação da Companhia e esse processo de modernização reforça ainda mais o seu compromisso com os colaboradores e a comunidade na região de Carambeí.

A BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, se prepara para aumentar sua linha de produção na unidade de Carambeí (PR). As obras de modernização, que já começaram, vão permitir a expansão das atividades no local. Diante dessa iniciativa, será necessária a redução parcial e temporária de atividades, por um período de aproximadamente 10 dias, o que já estava previsto no planejamento da planta. “Esse período será importante para a adequação e ampliação da capacidade da fábrica. Com isso, otimizaremos as operações e a gestão para assegurar o equilíbrio do nosso sistema produtivo. Estamos comprometidos com essa necessidade e focados em iniciativas que fomentem o compromisso na geração de trabalho com o nosso País”, afirma Rubens Modena, diretor industrial da Companhia no Paraná.

****

Todeschini amplia rede de franquias em todo o Brasil

Todeschini, uma das maiores empresas de móveis planejados da América Latina, aposta no crescimento de 15% de sua rede em 2020, com a abertura de 14 novas franquias ainda este ano. Em Curitiba, a marca conta com duas lojas já em operações, que estão em pleno funcionamento e cidades como São José dos Pinhais e outros centros como Londrina e Ponta Grossa, há previsão de inauguração em breve. Entre as vantagens de ter uma loja Todeschini estão a isenção temporária da taxa de franquia, financeira própria e o sistema de gestão completo. O investimento para a abertura é a partir de 500 mil reais. O lojista Todeschini segue o modelo de franquia, com um faturamento mensal que parte de R$ 300 mil em cidades de pequeno porte, passando de R$ 1mi em grandes capitais.