Internacionais

Emirados Árabes e Bahrein pedem que líderes tomem posição firme contra Irã

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

28 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 28 de setembro de 2019 - 00:00

Os Emirados Árabes Unidos e o Bahrein pediram para que os lideres mundiais tomem uma posição firme contra o Irã, apoiando diretamente a Arábia Saudita após um ataque a suas instalações de petróleo no início do mês que foram amplamente atribuídas a Teerã.

O ministro de Relações Exteriores dos Emirados Árabes Unidos, Abdullah bin Zayed Al-Nahyan, disse neste sábado que o acordo nuclear realizado com potências mundiais deveria ter incluído os estados do Golfo Árabe,

e abordou seu programa de mísseis balísticos e apoio a grupos armados.

“Estamos falando aqui de um país que busca exportar sua revolução”, disse ele, referindo-se à revolução de 1979 do Irã que trouxe seu clérigo xiita à liderança ao poder.

Além disso, o Bahrein acusou o Irã de perpetuar o terrorismo e de endossar especificamente grupos militantes que transformaram o Iraque “em uma plataforma de lançamento para atingir siás metas”.

Fonte: Associated Press

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.