Notícias

“Ele pensava Curitiba para o morador”, diz sobrinho de Jaime Lerner

O também arquiteto Milton Naigeboren conversou com a reportagem da RIC Record TV nesta quinta-feira (27)

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações de Camila Andrade, da RIC Record TV Curitiba

A morte do arquiteto e urbanista Jaime Lerner no início da manhã desta quinta-feira (27) teve repercussão nacional e internacional. Na tarde desta quinta, o corpo do ex-prefeito de Curitiba foi levado do Cemitério Israelita do Água Verde ao Cemitério Israelita do Santa Cândida.

Em entrevista à repórter da RIC Record TV Curitiba Camila Andrade, o sobrinho de Lerner, Milton Naigeboren, afirmou que ele inspirou a família e deu suporte aos mais jovens. “Nunca teve uma diferença lá no escritório, uma hierarquia. O trabalho era o lazer dele e, com certeza, ele era o mais animado. Ele trabalhou até o final e deixou o legado dele”, disse.

Reconhecido como um líder por Naigeboren, Lerner continuou trabalhando até pouco tempo atrás no escritório, que está localizado no bairro Juvevê.

“A cabeça criativa dele nunca parou. Sempre gostou de pensar em soluções. Mas o mais interessante é que ele nunca pensou a Curitiba para o turista. Ele pensava para o cidadão, o morador”,

sentenciou Milton.

Jaime Lerner deixa duas filhas e quatro netos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.