Educação

Golaço pela inclusão! Aluno cadeirante marca gol em partida de futebol e emociona em vídeo

Professor de Educação Física promove inclusão durante aulas e é surpreendido com repercussão

Guilherme
Guilherme Becker / Editor

5 de dezembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 1 de julho de 2020 - 15:09

Um vídeo de uma aula de Educação Física em uma escola da Cidade Industrial de Curitiba viralizou nas redes sociais. Para o professor Rogério Veiga, era mais uma aula normal com alunos do segundo ano, porém uma atitude do docente chamou a atenção de um vizinho que decidiu registrar o momento. Com um aluno com deficiência, o tutor escolhe o pequeno Rikelmy para cobrar um pênalti.

Todos os outros alunos se reúnem em volta da área para a cobrança, dois goleiros se posicionam abaixo da meta e Rikelmy se prepara com a bola nas mãos. Ao arremessar, longe do alcance do arqueiro, o pequeno contagia a todos com a alegria de marcar um gol.

“Foi um golaço, eu dedico esse gol para o goleiro”, comemora Rikelmy.

gol de inclusao

Rikelmy participa do grito de guerra com os amigos (FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC)

Esporte para todos

Se para alguns um aluno com deficiência participando de uma aula com os demais estudantes pode parecer novidade, para o professor Rogério isto faz parte do dia a dia. Responsável pelas aulas de Educação Física na instituição, o jovem professor preza pela inclusão. Nas atividades, além de promover a participação do cadeirante nas partidas de futebol, o docente prepara brincadeiras para que o pequeno tenho condições iguais de se divertir.

“A intenção foi justamente para o Rikelmy participar. Na hora do gol foi aquela alegria, o Rikelmy já é assim naturalmente, mas na hora que faz o gol vira um jogador profissional Qualquer criança que faz um gol fica feliz, então a alegria foi essa, que todo mundo foi comemorar com ele”, conta o professor.

Entretanto a tradicional aula de Rogério desta vez ganhou uma repercussão maior, pois foi gravada por um vizinho da escola. Reimackler Graboski percebeu a participação do aluno com deficiência no jogo de futebol e resolveu gravar um vídeo motivacional. A gravação viralizou nas redes e Rikelmy ganhou reconhecimento de jogador.

Para o mérito não ficar apenas com o autor do golaço, o artilheiro deu uma moral também para o professor treinador. “Ele é muito legal, é muito bacana. Ele trata bem as crianças”, exalta Rikelmy Kauan Trevisan, ao falar do docente.

Superação e alegria movem o sonhador Rikelmy

O pequeno Rikelmy, de sete anos, nasceu com microcefalia e mielomeningocele. Desde os três anos de idade a criança se desloca com auxílio de cadeira de rodas, porém, nunca deixou de tirar o sorriso do rosto e de inspirar as pessoas que convivem junto.

“Ele não reclama de nada. Ele desce da cadeira, ele chuta a bola fora da cadeira, ele sobe na cadeira, ele vai para lá e pra cá. Sempre assim animado, sempre assim. Sempre nesse pique. Na verdade ele mudou muito a minha vida né, porque jamais a gente espera que vai passar por isso e ele é uma lição de vida todo dia com a força dele, com a força de vontade. Com a alegria dele, ele é o amor da minha vida”, declara a mãe, Ana Cláudia Ferreira.

Confira mais sobre a história desse pequeno sonhador: