Educação

Estudantes fazem a segunda fase da prova do Enem neste domingo

Nesta fase os alunos fazem as provas de matemática e de ciências da natureza, com 45 questões cada

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Agência Brasil
Estudantes fazem a segunda fase da prova do Enem neste domingo
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

24 de janeiro de 2021 - 09:35 - Atualizado em 24 de janeiro de 2021 - 09:35

Neste domingo (24), estudantes de todo o Brasil fazem a segunda fase da prova do Enem 2020. Os portões ficarão abertos das 11h30 às 13h para evitar aglomerações, e a aplicação da prova está marcada para às 13h30.

Nesta fase os alunos fazem as provas de matemática e de ciências da natureza, com 45 questões cada. Os estudantes terão cinco horas para resolver as questões. A prova termina às 18h30. 

Segunda fase da prova do Enem

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a recomendação é que os estudantes cheguem com antecedência e que seja mantido o distanciamento entre as pessoas, mesmo fora dos locais de aplicação.

Quem for diagnosticado com covid-19 ou apresentar sintomas dessa ou de outras doenças infectocontagiosas até o momento do exame não deverá comparecer ao local de prova e sim entrar em contato com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esses estudantes terão direito a fazer a prova na data de reaplicação do Enem, nos dias 23 e 24 de fevereiro. A partir de amanhã (25), eles podem fazer o pedido na Página do Participante.

Encerrada a aplicação do Enem impresso, o gabarito das provas objetivas deverá ser divulgado até esta quarta-feira (27) e as notas finais no dia 29 de março. Com as notas em mãos, os estudantes podem pleitear uma vaga no ensino superior.  

Para fazer o exame são obrigatórios itens como documento oficial de identificação com foto, caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, e máscara de proteção. É recomendado que os participantes levem máscaras extras para trocar durante a prova.

Haverá nos locais de prova álcool em gel para que os estudantes higienizam as mãos, mas é permitido que os participantes levem seu próprio produto caso desejem.

Como se trata de uma prova longa, também é recomendado que os participantes levem lanche e água e/ou outras bebidas, com exceção de bebidas alcoólicas que não são permitidas e podem levar à eliminação do candidato. É recomendado também que se leve no dia do exame o Cartão de Confirmação da Inscrição. Nele está, entre outras informações, o local de prova. O cartão pode ser acessado na Página do Participante. 

Caso necessitem comprovar que participaram do exame, os estudantes podem, também na Página do Participante, imprimir a chamada Declaração de Comparecimento para cada dia de prova, informando o CPF e a senha. A declaração deve ser apresentada ao aplicador na porta da sala em cada um dos dias. Ela serve, por exemplo, para justificar a falta ao trabalho.

No primeiro dia de aplicação do Enem o exame teve uma abstenção recorde de 51,5%. Do total de 5.523.029 inscritos para a versão impressa do Enem, 2.842.332 faltaram às provas. 

O exame foi suspenso no estado do Amazonas, onde 160.548 estudantes estão inscritos para as provas; em Rolim de Moura (RO), onde há 2.863 inscritos; e, em Espigão D’Oeste (RO), com 969, devido aos impactos da pandemia nessas localidades. Esses estudantes poderão fazer as provas também na reaplicação, nos dias 23 e 24 de fevereiro. Segundo o Ministério da Educação, foram cerca de 20 ações judiciais em todo o país contrárias à realização do exame.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.