Educação

Receita Federal repassa R$961 mil em equipamentos para alunos da UEL

Os equipamentos são para inclusão digital de estudantes da UEL

André
André Justus com informações Agência UEL
Receita Federal repassa R1 mil em equipamentos para alunos da UEL
Imagem: Divulgação/Agência UEL

4 de agosto de 2020 - 17:18 - Atualizado em 4 de agosto de 2020 - 17:21

A Delegacia da Receita Federal de Londrina entregou nesta terça-feira (4) um lote de mercadorias apreendidas avaliado em R$ 961,5 mil, que deverão beneficiar estudantes de graduação nas atividades remotas, iniciadas no final de junho na Universidade Estadual de Londrina (UEL). Os equipamentos representam o maior repasse feito pela Delegacia nos últimos tempos.

No total são 1.131 smartphones, 135 tablets e 10 notebooks. Todos os materiais deverão passar por uma avaliação das condições técnicas, serão patrimoniados e posteriormente repassados aos estudantes como empréstimo por comodato.

Levantamento feito pela Pró-reitoria de Graduação (Prograd), com 95% dos cerca de 13 mil estudantes de graduação, demonstrou a necessidade de amparo a 1.639 estudantes que não têm acesso à internet ou que dispõe de uma rede de baixa de qualidade. Segundo esse levantamento, 978 acadêmicos não tem equipamentos ou utilizam computador ou tablet de forma compartilhada.

“A marca da UEL sempre foi a da inclusão digital. Estes equipamentos vão atender exatamente os estudantes mais carentes, garantindo a inclusão digital”, definiu o reitor da UEL, Sérgio Carvalho.

Ele lembrou ainda que aguarda a chegada de recursos da ordem de R$ 285 mil, repassados pela Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), para a compra de equipamentos e de pacotes de Internet.

O Delegado da Receita Federal, Reginaldo Cezar Cardoso, explicou que todos os equipamentos foram apreendidos dentro dos esforços das equipes da Delegacia de Londrina e que a proposta de doação vem ao encontro da visão da Receita de destinar equipamentos para parceiros com finalidade social.

“A educação tem de ser valorizada. Entendemos que os equipamentos servirão para o aluno ter acesso a um ensino de qualidade e que conseguimos colaborar um pouco nesse processo”, comentou o delegado.

Receba as melhores notícias de Londrina e região pelo Whatsapp. Faça parte do grupo!