Educação

Aos 23 anos, morador de Cambé é o professor universitário mais jovem do Brasil

Tiago Félix dos Santos Porfírio tem 23 anos. Hoje, é professor na Faculdade Catuaí, em Cambé. Mas o início da docência começou aos 21 anos, quando foi aprovado para lecionar nessa mesma instituição

Ana Clara
Ana Clara Marçal / Estagiária com informações da Agência Estadual de Notícias
Aos 23 anos, morador de Cambé é o professor universitário mais jovem do Brasil
Foto: SEED

16 de junho de 2021 - 10:47 - Atualizado em 16 de junho de 2021 - 11:39

O RankBrasil, entidade que registra recordes do país, reconheceu Tiago Félix dos Santos, de 23 anos, como o professor mais novo de ensino superior, no Brasil. O jovem nasceu, em 1998, em Cambé, norte do Paraná. Sua formação escolar e acadêmica aconteceram no mesmo município.

“Desde muito cedo, uma das certezas que construí para a minha vida foi de que a educação é o melhor caminho para o desenvolvimento, o crescimento e a mudança de vida […] Saber que sou o professor mais jovem do Brasil vem como uma celebração muito grande, uma confirmação de que aquele pensamento estava correto.”

comenta o professor.

Atualmente, Tiago dá aulas em cursos nas áreas de finanças, marketing e empreendedorismo, na Faculdade Catuaí, em Cambé. O interesse pela vida acadêmica começou desde muito cedo, quando entrou no ensino superior. Engajado com projetos de extensão, o jovem também colaborou na fundação de uma empresa júnior relacionada a área empresarial.

Foi nesse período que começou, junto de alguns colegas, a dar aulas e consultorias na instituição. O diretor da faculdade convidou, então, Tiago a participar do processo seletivo para docentes. Aos 21 anos, ele foi aprovado e iniciou sua vida como professor.

“Acho que dificilmente vou perder meu posto tão cedo […] pois é necessário ter algumas qualificações para ser professor em faculdades e universidades. Eu já concluí três cursos de pós-graduação e estou cursando mestrado em Administração, que devo terminar em agosto de 2022.”

ressalta Tiago.

Além do trabalho como professor e do mestrado, o jovem ainda é gestor de projetos em uma empresa de consultoria, em Londrina.

“Me sinto honrado em conseguir transmitir todo o conhecimento que adquiri ao longo da minha trajetória acadêmica para outras pessoas. De certa forma, utilizo isso para inspirar meus colegas, alunos e todos aqueles que, assim como eu, acreditam que o caminho da educação é o mais transformador.”

complementa o jovem.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.