Educação

Mercadorias apreendidas pela Receita Federal viram materiais para aulas na UEL

O lote é avaliado em R$ 581 mil. Nele, estão equipamentos eletrônicos, de informática, além de itens utilizados em tratamentos odontológicos.

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Agência Estadual de Notícias
Mercadorias apreendidas pela Receita Federal viram materiais para aulas na UEL
A Delegacia da Receita Federal de Londrina repassou oficialmente à UEL nesta quinta-feira (10) um lote de mercadorias apreendidas avaliado em R$ 581 mil que serão utilizados em aulas práticas de cursos da área de saúde e em setores para o atendimento ao público. - Londrina, 10/06/2021 - Foto: Divulgação UEL

11 de junho de 2021 - 10:45 - Atualizado em 11 de junho de 2021 - 10:46

A Universidade Estadual de Londrina (UEL) recebeu da delegacia da Receita Federal no município um lote de mercadorias apreendidas. Elas serão usadas em aulas práticas de cursos da área de saúde e em setores de atendimento ao público. A entrega foi feita nesta quinta-feira (10).

O lote é avaliado em R$ 581 mil. Nele, estão equipamentos eletrônicos, de informática, além de itens utilizados em tratamentos odontológicos.

Este é o segundo repasse da Receita Federal para a UEL nos últimos 10 meses. Em agosto de 2020, a entidade destinou R$ 961,5 mil em equipamentos como telefones celulares e notebooks que foram utilizados para reforçar as aulas remotas dos estudantes de graduação.

“Essa ação da Receita Federal abrevia muito o processo que temos de lançar mão para aquisição de equipamentos. Entendemos que é uma destinação importante ligada à educação”,

afirmou o reitor em exercício, professor Décio Sabbatini Barbosa.

O delegado da Receita Federal, Reginaldo Cezar Cardoso, explicou que a instituição procura direcionar a doação de mercadorias apreendidas para entidades de ensino, para capacitação dos profissionais.

No ano passado, a delegacia da Receita Federal de Londrina apreendeu R$ 48 milhões em produtos contrabandeados. Somente nos primeiros seis meses de 2021, já foram apreendidos o equivalente a R$ 20 milhões.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.