Educação

Londrina irá recorrer decisão da Justiça sobre retorno imediato das aulas

Em nota oficial, a prefeitura se manifestou sobre o caso e ressaltou que “o Município respeita a decisão, porém vai recorrer ao Tribunal de Justiça do Estado”

Bruna
Bruna Melo / Repórter
Londrina irá recorrer decisão da Justiça sobre retorno imediato das aulas
Salas de aula vazias, em Londrina. Foto: (Emerson Dias/N.Com)

28 de maio de 2021 - 10:52 - Atualizado em 28 de maio de 2021 - 10:52

A prefeitura de Londrina informou que irá entrar com recurso contra a decisão da Vara da Infância e da Juventude de Londrina sobre o retorno imediato das aulas no ensino público. Na quinta-feira (27), a Justiça informou a suspensão do Decreto Municipal 286/2021 e a volta das atividades presenciais, em até 20 dias.

A decisão veio duas semanas após o Ministério Público do Paraná (MPPR), por meio da 22ª Promotoria de Justiça de Londrina, ajuizar ação civil pública buscando obrigar a retomada das aulas. Estão inclusas creches, escolas públicas municipais e conveniadas ao Município.

Em nota oficial, a prefeitura se manifestou sobre o caso e ressaltou que “o Município respeita a decisão, porém vai recorrer ao Tribunal de Justiça do Estado”. Leia a nota na íntegra:

“A rede municipal de ensino está preparada para o retorno das aulas presenciais desde junho de 2020, porém, o entendimento da Prefeitura de Londrina é que não é o momento adequado para o retorno as aulas em virtude da gravidade do momento da pandemia do Covid.
Lembramos que atualmente, o decreto municipal permite que cada sala de aula em todas as unidades escolares atenda até 5 alunos simultaneamente.
Em relação à decisão judicial proferida agora a tarde, pela Vara da Infância e da Juventude de Londrina, o Município respeita a decisão, porém vai recorrer ao Tribunal de Justiça do Estado”.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.