Educação

Escolas particulares retomam aulas presenciais em Curitiba e RMC: “Mais seguro que o transporte coletivo”

Instituições de ensino estão autorizadas a trabalhar em modelo híbrido com no máximo 30% da capacidade

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da RIC Record TV Curitiba
Escolas particulares retomam aulas presenciais em Curitiba e RMC: “Mais seguro que o transporte coletivo”
(FOTO: REPRODUÇÃO/ RIC RECORD TV)

5 de abril de 2021 - 08:09 - Atualizado em 5 de abril de 2021 - 08:09

As aulas presenciais da rede particular de ensino em Curitiba e na Região Metropolitana foram autorizadas a retornar nesta segunda-feira (5). De acordo com o novo decreto da capital do Estado, que volta para Bandeira Laranja, e com a revogação do governo estadual das medidas mais restritivas nas cidades próximas a Curitiba, as instituições podem funcionar no modelo híbrido e com no máximo 30% de ocupação.

Já nesta manhã de segunda-feira (5), no primeiro dia de liberação, muitas escolas particulares abriram as portas. Em uma escola particular, um pai que deixou a filha pequena celebrou o retorno.

“É essencial a criança na escola. Vemos aí tantas coisas abertas, o estudo das crianças é essencial, e não várias outras coisas que as prefeituras estão abrindo […] Aqui é mais seguro que o transporte coletivo que está aberto, que a construção civil que está aberta”,

contou o pai.

As escolas particulares que optarem por voltar às aulas neste momento devem seguir protocolos de segurança. Deve ser realizado um escalonamento entre os estudantes nas aulas presenciais, as salas de aula devem conter no máximo 30% da ocupação, a temperatura dos alunos deve ser aferida na entrada, todos devem respeitar o distanciamento social e uso de máscara, além de produtos de higiene em todos os ambientes.

O novo decreto ainda não permite o retorno das aulas na rede pública, municipal e estadual. Nestas instituições, as atividades presenciais seguem suspensas. Em entrevista na última semana, o governador Ratinho Junior comentou que as aulas serão retomadas somente quando os professores forem vacinados.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.