Educação

Escolas municipais de Araucária iniciam ensino híbrido para turmas de 8º e 9º ano

De acordo com a prefeitura, a Educação distribuirá máscaras descartáveis para os alunos que vão voltar às aulas presenciais

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Prefeitura Municipal de Araucária
Escolas municipais de Araucária iniciam ensino híbrido para turmas de 8º e 9º ano
Escolas municipais iniciam ensino híbrido para turmas de 8º e 9º ano em Araucária (Foto: Carlos Poly)

27 de julho de 2021 - 20:57 - Atualizado em 27 de julho de 2021 - 20:57

Alunos de 8° e 9° ano da rede municipal de Araucária, região metropolitana de Curitiba, iniciarão as aulas no modelo híbrido a partir da próxima segunda-feira (2). Parte das atividades será de forma presencial, outra parte de modo remoto. De acordo com a Prefeitura, a mudança foi informada pela Secretaria Municipal de Educação (SMED) que não exige obrigatoriamente a participação dos alunos em atividades presenciais os quais os pais não autorizem.

Conforme a SMED, a implantação do ensino híbrido ganhou maior viabilidade devido ao avanço da imunização dos profissionais da Educação e de toda a população.

Protocolos

Segundo o município, além de todas as unidades manterem as carteiras e cadeiras espaçadas com distanciamento de 1,5m, todas as salas de aula contarão com álcool em gel. Também, o município isolou os bebedouros de uso coletivo e a Educação fornecerá máscaras descartáveis PFF2/N95 aos estudantes, pois serão de uso obrigatório.

“A entrega aos estudantes ocorrerá nas próprias unidades educacionais”,

informou a Prefeitura.

Todos que entrarem na unidade precisarão ter a temperatura verificada e realizar higiene das mãos com álcool gel.

Outras turmas

Em relação as turmas do ensino fundamental do 1º ao 5º ano, a Prefeitura informou que ao longo do mês de agosto poderão ser notificadas sobre um possível retorno gradativo e/ou escalonado. A confirmação das turmas e a comunicação com a comunidade escolar é realizada pela unidade educacional.

“Em relação à educação infantil, a SMED informa que, durante o mês de agosto, deve organizar os espaços para o retorno de turmas do Infantil 4 e 5 (idades de atendimento obrigatório), assim que possível pelo cenário epidemiológico”,

explicou o município.