Educação

Contra colégios cívico-militares, professores invadem Secretaria da Educação do Paraná

Os funcionários públicos, liderados pela APP-Sindicato, são contra a criação de colégios cívico-militares no Paraná

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Contra colégios cívico-militares, professores invadem Secretaria da Educação do Paraná
(Foto: Divulgação/APP-Sindicato)

30 de outubro de 2020 - 14:50 - Atualizado em 30 de outubro de 2020 - 14:55

Professores da rede estadual de ensino do Paraná invadiram e ocuparam a Secretaria Estadual de Educação, no bairro Água Verde, em Curitiba, na manhã desta sexta-feira (30).

Os funcionários públicos, liderados pela APP-Sindicato, são contra a criação de colégios cívico-militares no Paraná. Os professores também contra a publicação do edital do Governo do Paraná para a contratação de 4 mil professores pelo Processo Seletivo Simplificado (PSS), que neste ano prevê prova durante a pandemia de coronavírus.

No fim da manhã, o grupo, que além de professores, também é composto de estudantes e outros servidores, estava no corredor que dá acesso ao gabinete do secretário Renato Feder.

“Nos viemos aqui para fazer a denúncia de tudo o que está acontecendo e ao mesmo tempo reivindicar o direito legítimo de sermos ouvidos pelo Secretário de Educação, Renato Feder. Chegamos a pedir, dias atrás, que uma comissão fosse ouvida, mas isso não aconteceu,” disse o Professor Hermes de Leão, presidente da APP sindicato. O objetivo é permanecer na sede da Secretaria  até que o governo abra o diálogo. 

Confira o vídeo da manifestação

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.