Educação

Ratinho Junior anuncia colégios cívico-militares em Londrina

No Paraná são 215 colégios que irão atender 129 mil alunos.

André
André Justus com informações AEN
Ratinho Junior anuncia colégios cívico-militares em Londrina
Imagem: Divulgação/AEN

27 de outubro de 2020 - 12:30 - Atualizado em 27 de outubro de 2020 - 12:32

O governador do Paraná, Carlos Alberto Massa (Ratinho Junior), anunciou nesta segunda-feira (26), no Palácio Iguaçu, que o programa de colégios cívico-militares será implementado em 215 colégios estaduais a partir de 2021. Na região de Londrina, no norte do Paraná, foram selecionadas 14 escolas em Londrina, Ibiporã, Cambé, Rolândia, Bela Vista do Paraíso e Sertanópolis.

Na cidade de Londrina, as cinco unidades anunciadas são na Escola Estadual Doutor Fernando de Barros Pinto (Conj. Violim); Escola Maria Helena Davatz (Distrito de Lerroville), Escola Josemaria Escriva (Jardim Pacaembu 2), Escola Tsuru Oguido (Santa Rita II) e Escola Vista Bela (Vista Bela).

O investimento de cerca de R$ 80 milhões deve beneficiar 129 mil alunos. De acordo com Ratinho, a média das escolas cívico-militares no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) é 20% maior do que na educação tradicional.

“Esse é um modelo vencedor. Se é vencedor, queremos ofertar essa modalidade. A implantação será feita de forma democrática”, comentou.

Critérios de seleção

As unidades foram selecionadas em municípios dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NREs) com mais de dez mil habitantes e que tenham ao menos duas escolas estaduais na área urbana.

Além disto, foi avaliado o alto índice de vulnerabilidade social, baixos índices de fluxo e rendimento escolar e o fato de não ofertar ensino noturno.

“Teremos aulas adicionais de português, matemática e civismo, para estudar leis, Constituição Federal, papel dos três Poderes, ética, respeito e cidadania. Os alunos vão estudar mais. E no Ensino Médio a principal mudança é a implementação da educação financeira”, afirmou o secretário estadual de Educação e do Esporte, Renato Feder.

De acordo com Feder, a seleção priorizou cidades de médio porte e regiões mais vulneráveis do Estado, mas a lista de municípios e colégios contemplados poderá sofrer alterações ainda.

Consultas à comunidade escolar devem ser realizadas a partir desta terça-feira (27) para oficializar ou não a indicação. Confira as unidades escolares anunciadas AQUI.

Receba as melhores notícias de Londrina e região pelo Whatsapp. Faça parte do grupo!

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.