Economia

Vendas no varejo alemão saltam em março à medida que lockdown diminui

Reuters
Reuters
Vendas no varejo alemão saltam em março à medida que lockdown diminui
Mercado em Duesseldorf, Alemanha

3 de maio de 2021 - 09:00 - Atualizado em 3 de maio de 2021 - 09:05

BERLIM (Reuters) – As vendas no varejo na Alemanha registraram seu maior aumento anual em março desde o início da pandemia de Covid-19, mostraram dados nesta segunda-feira, já que o relaxamento de algumas medidas de lockdown impulsionou a compra de roupas e calçados.

A Agência Federal de Estatísticas alemã informou que as vendas no varejo saltaram 11,0% em comparação com o mesmo mês do ano anterior em termos reais, após uma queda revisada para cima de 6,6% em fevereiro. A leitura de março superou a previsão em pesquisa da Reuters de queda de 0,3%

As vendas de têxteis, vestuário, calçados e artigos de couro subiram 27,7% em comparação com o mesmo mês do ano anterior, enquanto o comércio varejista com mercadorias vendidas em lojas de departamento subiu 23%.

Os varejistas online continuaram a se beneficiar da mudança de hábitos dos consumidores, com as vendas crescendo 42,9% em comparação com o ano anterior.

Os Estados alemães começaram a permitir que as lojas ofereçam os chamados acordos de compra com hora marcada, chamados “clique e encontre”, em março.

(Por Caroline Copley)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH420G2-BASEIMAGE