Economia

Vale chega a acordo preliminar para encerrar greve de trabalhadores em Sudbury

Reuters
Reuters
Vale chega a acordo preliminar para encerrar greve de trabalhadores em Sudbury
Vista da mina de Brucutu, da Vale, em São Gonçalo do Rio Abaixo (MG)

3 de agosto de 2021 - 13:53 - Atualizado em 3 de agosto de 2021 - 13:55

(Reuters) – Um sindicato que representa os trabalhadores da Vale em greve em Sudbury, Canadá, chegou a um acordo preliminar para resolver uma disputa trabalhista em curso que levou 2.500 empregados a entrarem em greve desde 1º de junho, atingindo a produção da mineradora brasileira.

O acordo de cinco anos, publicado no site do United Steelworkers (USW), inclui “melhorias monetárias significativas para os membros existentes e preserva os benefícios de saúde dos aposentados para todas as contratações futuras”. A proposta será colocada em votação na terça-feira, disse um representante do sindicato USW Local 6500 à Reuters.

A Vale também vai pagar 2,5 mil dólares aos trabalhadores em agosto, “em reconhecimento aos esforços realizados no ano passado durante a pandemia”, segundo o acordo recomendado pelo USW Local 6500.

Membros do USW Local 6500 votaram contra as duas ofertas anteriores da Vale. Eles eram contra os planos da empresa de cortar benefícios médicos e de saúde para aposentados, bem como aumentos salariais mínimos. (https://reut.rs/3jp41wS)

(Reportagem de Sahil Shaw em Bangalore e Jeff Lewis em Toronto)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH72122-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.