Economia

Ultrapar deve terminar ano com novo portfólio de ativos

Reuters
Reuters
Ultrapar deve terminar ano com novo portfólio de ativos
Frederico Curado, presidente da Ultrapar

14 de maio de 2021 - 16:01 - Atualizado em 14 de maio de 2021 - 16:05

SÃO PAULO (Reuters) – O conglomerado de empresas Ultrapar deve encerrar 2021 com uma carteira de ativos diferente do começo do ano, afirmou o presidente da companhia, Frederico Curado, em reunião com analistas e investidores nesta sexta-feira.

Além da entrada do grupo em área de refino de petróleo, por meio da compra da Refap, da Petrobras, até meados do ano, o portfólio de ativos da Ultrapar pode passar por outras ações de alocação de capital, disse o executivo.

“Temos meta até julho de assinatura do contrato da Refap e isso por si só já é um megadesenvolvimento no nosso portfólio”, disse Curado ao ser questionado sobre o perfil de ativos do grupo no final deste ano.

“Outros movimentos talvez aconteçam até o final do ano. Vamos terminar 2021 com uma cara diferente da que começamos”, acrescentou, sem dar detalhes.

No início de maio, ele já havia mencionado que a empresa de especialidades químicas da Ultrapar, Oxiteno, “não está exatamente” na cadeia de valor que o grupo tem buscado se concentrar, mais voltada para as outras empresas do portfólio, incluindo Ipiranga, Ultragaz e Ultracargo.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH4D17P-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.