Economia

Trump avalia plano da ByteDance de manter participação majoritária no TikTok, dizem fontes

Reuters
Reuters
Trump avalia plano da ByteDance de manter participação majoritária no TikTok, dizem fontes
(Blank Headline Received)

15 de setembro de 2020 - 16:37 - Atualizado em 15 de setembro de 2020 - 16:40

(Reuters) – O presidente Donald Trump e autoridades norte-americanas se reuniram na Casa Branca na tarde desta terça-feira para considerar a proposta da ByteDance de manter o controle de seu popular aplicativo TikTok, disseram pessoas a par do assunto.

Trump ordenou que a ByteDance vendesse o TikTok em meio a preocupações dos EUA de que os dados de usuários pudessem ser repassados ao governo do Partido Comunista da China. Ele ameaçou banir o TikTok nos Estados Unidos em 20 de setembro se a venda não ocorresse.

De acordo com a proposta da ByteDance, no entanto, a empresa de Pequim manteria uma participação majoritária nos negócios globais do TikTok e mudaria sua sede para os EUA, disseram as fontes. A Oracle se tornaria parceira de tecnologia da ByteDance e responsável pelo gerenciamento dos dados do aplicativo, além de possuir uma participação minoritária, acrescentaram as fontes.

A proposta também pede que o Comitê de Investimento Estrangeiro nos EUA (CFIUS), o painel do governo que está analisando o acordo, supervisione como o TikTok será operado, disse uma das fontes.

Não está claro se Trump aprovará a proposta da ByteDance, disseram as fontes. A Casa Branca, a ByteDance e a Oracle não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

(Por David Shepardson e Alexandra Alper em Washington, DC e Echo Wang em Nova York)

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG8E1TE-BASEIMAGE