Economia

Rio Tinto tem melhor resultado desde 2011 com salto nos preços do minério de ferro

Reuters
Reuters
Rio Tinto tem melhor resultado desde 2011 com salto nos preços do minério de ferro
Escritórios da mineradora Rio Tinto em Perth, Austrália

17 de fevereiro de 2021 - 13:35 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 13:40

Por Melanie Burton

MELBORNE (Reuters) – A Rio Tinto registrou nesta quarta-feira seu melhor resultado anual desde 2011, declarando um pagamento recorde de dividendos, tornando-se a segunda grande produtora de minério de ferro a mostrar para investidores que aproveitou a disparada dos preços da commodity.

A forte demanda por investimentos chineses em infraestrutura levou os preços do minério de ferro, usado na fabricação do aço, para máximas em anos, o que impulsionou os ganhos tanto da Rio quanto da BHP para níveis acima do esperado.

“Nós fizemos muito dinheiro no ano passado”, disse o CEO, Jakob Stausholm, que assumiu o cargo no mês passado.

“Mas também nos desalavancamos muito no ano e baixamos agora para uma dívida líquida abaixo de 1 bilhão de dólares. Então é difícil argumentar que deveríamos segurar dividendos”, disse Stausholm em uma coletiva de imprensa.

O lucro ajustado cresceu para 12,45 bilhões de dólares, de 10,37 bilhões no ano anterior, superando estimativas de analistas, de 12,02 bilhões, segundo dados da Refinitiv.

O foco da China em infraestrutura empurrou as importações de minério de ferro em 2020 para um recorde, ajudando os preços a saltarem mais de 50%, o que deve agora beneficiar as mineradoras, que também devem ser ajudadas por uma esperada retomada da economia global após as vacinas para Covid-19.

O dividendo semestral da Rio, somado a um dividendo especial, somou 6,5 bilhões de dólares, enquanto o dividendo da BHP foi de 5,1 bilhões de dólares. A Fortescue Metals Group divulgará seus proventos na quinta-feira.

A Rio declarou um dividendo final recorde de 3,09 dólares por ação, acima dos 2,31 de 2019, e anunciou um dividendo especial de 93 centavos de dólar por ação.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1G1DC-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.