Economia

Resultado da licitação dos estudos ambientais da Ponte de Guaratuba é homologado

A próxima etapa é a assinatura do contrato, prevista para as próximas semanas; serão avaliados parâmetros topográficos, hidrológicos, geológicos, geotécnicos, entre outros

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da AEN
Resultado da licitação dos estudos ambientais da Ponte de Guaratuba é homologado
Foto: Divulgação/DER

7 de junho de 2021 - 17:52 - Atualizado em 7 de junho de 2021 - 18:00

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) homologou o resultado da licitação para contratar a elaboração dos Estudos de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima), e estudos preliminares de engenharia da implantação da Ponte de Guaratuba e seus acessos, no Litoral.

O documento, disponível em Diário Oficial e no portal Compras Paraná, conclui o processo licitatório e atribui ao consórcio vencedor a responsabilidade em prestar os serviços necessários para produzir ambos os estudos. Agora estão em andamento os trâmites internos para a assinatura de contrato, que deve acontecer nas próximas semanas, e na sequência a emissão da ordem de serviço, que dá início às atividades.

O investimento é de R$ 3.500.369,91, por meio do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Com a conclusão do EIA/Rima e estudos preliminares, a expectativa do DER/PR é licitar a elaboração dos projetos básico e executivo de engenharia da Ponte de Guaratuba.

A Ponte de Guaratuba será uma alternativa ao ferry-boat. (Foto: Alessandro Vieira/AEN)

O estudo de impacto ambiental vai utilizar como base o Estudo de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental (EVTEA) da Ponte de Guaratuba, já concluído e aprovado pelo DER/PR.

Entre as cinco alternativas de traçado apresentadas no EVTEA, o novo edital vai validar ou propor alterações para as três mais viáveis, buscando a melhor solução para a obra, dos pontos de vista ambiental e técnico.

Em comum, elas preveem três faixas de tráfego, faixas de segurança, barreiras de segurança, além de ciclovia/passeio para ciclistas e pedestres.

Estudos para Ponte de Guaratuba

prazo previsto para execução é de 420 dias corridos, contados a partir da emissão da Ordem de Serviço. Os resultados do EIA/RIMA serão apresentados em audiência pública após sua conclusão.

Nesta etapa também serão avaliados os parâmetros topográficos, hidrológicos, geológicos, geotécnicos, geométricos, gabaritos, processos executivos, operacionais, de segurança e arquitetônicos para implantação da obra. Também deverá ser indicado o tipo estrutural, comprimento da obra e distribuição dos vãos, seção transversal, sistemas construtivos e tipo de fundação. O objetivo é definir a alternativa mais adequada, o tipo de obra de arte e suas principais características.

Segundo o edital, um dos imperativos é que a Ponte de Guaratuba tenha harmonia com as estruturas vizinhas, integração com o meio ambiente, e formas e revestimentos adequados. O tipo estrutural escolhido deve ser aquele que melhor atenda à interação solo-estrutura e que apresente maiores vantagens, após avaliação técnica e econômica de todas as variáveis envolvidas. 

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.