Economia

Renúncia de Gasparino ao conselho da Petrobras é efetivada

Reuters
Reuters
Renúncia de Gasparino ao conselho da Petrobras é efetivada
Edifício-sede da Petrobras, no Rio de Janeiro (RJ)

31 de maio de 2021 - 20:16 - Atualizado em 31 de maio de 2021 - 20:20

SÃO PAULO (Reuters) – A Petrobras informou nesta segunda-feira que foi efetivada a renúncia do conselheiro de administração Marcelo Gasparino da Silva, que havia sido eleito por meio de processo de voto múltiplo em assembleia de acionistas ocorrida em 12 de abril.

A renúncia de Gasparino, representante de minoritários, foi inicialmente comunicada apenas quatro dias após a assembleia, depois de o conselheiro afirmar que renunciaria para provocar nova eleição do colegiado, alegando problemas nos procedimentos da assembleia que o elegeu.

Nesse sentido, a Petrobras afirmou em comunicado nesta segunda-feira que, diante da vacância, a primeira assembleia geral a ser realizada procederá à nova eleição dos oito cargos no conselho que foram preenchidos por voto múltiplo na reunião de 12 de abril.

Os conselheiros remanescentes poderão nomear um substituto para ocupar o cargo vago até a realização da próxima assembleia, para a qual não há obrigatoriedade de convocação específica, acrescentou a petroleira.

(Por Gabriel Araujo)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4U0UT-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.